Dito e Braga já pressentem final

A precisar apenas de um ponto para atingir a final, Dito diz que o Braga "vai jogar para ganhar" na última jornada do Grupo A, frente ao Württembergischer.

Daniel Simões festeja após ter marcado o golo do triunfo de Braga sobre Yednyst Plysky
©FPF

Dito está ciente que a sua equipa de Braga ficou a um pequeno passo da final da Taça das Regiões da UEFA, após a vitória frente ao Yednyst Plysky, cujo treinador lamentou o facto de a sua formação ter falhado uma grande penalidade na segunda parte. Tendo-se adiantado pela primeira vez no marcador logo após esse penalty, Braga aguentou firme apesar de Manuel Gonçalves ter sido expulso, precisando agora de apenas um ponto no seu último compromisso do Grupo A, ante o Württembergischer FV.

Braga 2-1 Yednyst Plysky

Dito, treinador de Braga
Eles marcaram na primeira oportunidade de golo que tiveram, mas nós respondemos bem e a minha equipa subiu muito de rendimento após isso. Na segunda parte sofremos uma grande penalidade e foi muito importante a defesa efectuada pelo nosso guarda-redes. Ficámos merecidamente na frente do marcador, mas depois disso vimos um jogador nosso ser expulso e isso dificultou um pouco a nossa missão. Felizmente conseguimos gerir esse facto e até tivemos várias oportunidades para marcar um terceiro golo. Agora só precisamos de um ponto no nosso próximo jogo, mas é claro que vamos jogar para ganhar. Sabemos perfeitamente aquilo que temos de fazer para bater o Württemberg.

Serhiy Bakun, treinador do Yednyst Plysky
Não merecíamos ter perdido porque jogámos bom futebol e os meus jogadores fizeram exactamente aquilo que eu lhes pedi. A única coisa que temos a lamentar é o facto de termos desperdiçado a grande penalidade, sendo que se isso não tivesse acontecido o jogo teria sido completamente diferente. Dito isto, quero dar os parabéns à equipa de Braga, já que eles conseguiram marcar nas alturas mais importantes e isso acabou por fazer a diferença no final.

Topo