O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Sófia apurada para a final

Eslováquia Central 2-2 Sófia-Sudoeste Um cabeceamento certeiro a cinco minutos do fim qualificou os búlgaros para a final de sábado da Taça das Regiões da UEFA.

Um golo apontado por Ivan Todorov a cinco minutos do final da partida com a selecção regional da Eslováquia Central, que terminou empatada a dois tentos, colocou a selecção regional do Sudoeste de Sófia na final da Taça das Regiões da UEFA

Eslovacos estiveram próximos da vitória
Os homens de Ivan Iliev atingiram o venceram o Grupo A após um excelente encontro em Zabierzow, mas a equipa dirigida por Ján Petrák esteve muito próxima de uma vitória que os apuraria para a final, marcada para sábado, em Proszowice, frente à selecção regional do País Basco.

Remate ao poste
A primeira parte contou com duas equipas tacticamente bastante disciplinadas, mas a formação de Sófia parecia satisfeita por conter a pressão adversária e apostar no contra-ataque para desferir os seus golpes mais certeiros, sabendo que um empate os colocaria na final. A selecção da Eslováquia Central esteve perto de abrir o activo aos 30 minutos, mas Bohus Drugda, de ângulo apertado, rematou ao poste da baliza de Krasimir Gyorev.

Golo de Kalaydjiev
Contudo, o jogo ganhou mais animação aos 66 minutos, quando os búlgaros assumiram a liderança no marcador. Todorov surgiu no lado direito e cruzou ao poste mais distante, onde apareceu um Georgi Kalaydjiev em contra-pé. Contudo, este conseguiu recuperar a posição e o equilíbrio antes de fazer a bola passar debaixo de Peter Pernis.

Berky empata de livre directo
O golo levou a uma eufórica onda de festejos no banco da equipa de Sófia, mas só demoraram seis minutos a desaparecer, pois, aos 72 minutos, Marián Berky – que entretanto já vira um cartão amarelo que o impediria, de qualquer forma, de participar na final – transformou um livre directo com mestria.

Expulsão de Ivanov
Três minutos volvidos, a selecção de Sófia viu-se reduzida a dez elementos, por expulsão de Tzvetko Ivanov, após uma entrada fora de tempo sobre um adversário, tendo a formação da Eslováquia Central aproveitado a superioridade numérica, através de Maros Fojtik, que, já na área, rematou forte, fazendo a bola embater na trave antes de entrar nas redes búlgaras, adiantando os eslovacos no marcador.

Finalização de cabeça
Contudo, os búlgaros recompuseram-se e conseguiram aquele que viria a ser o golo decisivo, quando, a cinco minutos do fim, beneficiaram de um livre directo descaído para o lado esquerdo. Kalaydjiev cobrou o livre para a área e Todorov, melhor marcador da prova até ao momento, com quatro tentos – cabeceou fora do alcance de Pernis.

Final emocionante
Os últimos minutos foram frenéticos e intensos, mas a defesa dos búlgaros conseguiu aguentar a pressão a que foi submetida pelos eslovacos. O mais próximo que a Eslováquia Central esteve de marcar foi, quando, com dois minutos no período de descontos, Drugda executou um livre, no qual fez a bola passar sobre a trave.