O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Diarra destaca importância do Respeito

Respeito

O médio Alou Diarra, do Bordéus, referiu que a campanha "Respeito" da UEFA surgiu no momento certo, isto numa altura em que prossegue o combate ao racismo e à intolerância no futebol.

Alou Diarra ao serviço do Bordéus
Alou Diarra ao serviço do Bordéus ©Getty Images

O médio Alou Diarra, do FC Girondins de Bordeaux, referiu que a campanha "Respeito" da UEFA surgiu no momento certo, isto numa altura em que prossegue o combate ao racismo e à intolerância no futebol.

Sinal importante
A campanha foi lançada em Março pelo Presidente da UEFA, Michel Platini, tendo por base a luta contra malefícios sociais como o racismo. "Sim, campanhas deste género são necessárias porque ainda recentemente assistimos a exemplos de comportamentos racistas em determinados estádios", afirmou o internacional francês. "É incrível que coisas destas continuem a ocorrer, pois o futebol moderno é um desporto popular a nível internacional, que junta todas as comunidades. Mas, por vezes, as pessoas esquecem-se disso, pelo que julgo que o facto de a UEFA se mostrar concentrada na questão do respeito é um sinal importante. Respeito é uma palavra forte. Respeito entre jogadores, entre clubes, entre adeptos. É fundamental no futebol. É, definitivamente, um aspecto a que temos de dar grande importância. Respeito significa muitas coisas".

Pequena minoria
Diarra, de 27 anos, expressou as suas preocupações quanto ao racismo ainda existente no futebol. "Estou preocupado com isso, mas foi algo que nunca experimentei directamente", garantiu. "Tive a felicidade de não ter vivido tal situação, mas certamente será bastante degradante, desagradável e incompreensível para quem passa por ela. É difícil de compreender, mas penso que envolve uma pequena minoria. Não abrange a generalidade dos adeptos, pois a maior parte destes vai aos estádios pela atmosfera, pelo espectáculo e pelo jogo".

Para ver esta entrevista na mais recente edição do Magazine do uefa.com, clique aqui.