Lucarelli preparado para brilhar

Cristiano Lucarelli foi apresentado aos adeptos do Shakhtar, após ter acedido ao convite irrecusável da Ucrânia e enjeitado várias propostas, entre as quais de Portugal.

Cristiano Lucarelli, a nova contratação de oito milhões de euros do FC Shakhtar Donetsk, foi apresentado aos adeptos, após ter acedido ao convite irrecusável para jogar na Ucrânia.

Excelente negócio
A decisão do jogador de 31 anos em transformar-se no primeiro italiano a actuar no campeonato ucraniano causou consternação na Serie A, mas o herói do AS Livorno Calcio deixou bem claro que a transferência faz todo o sentido. "Acreditem, eles fizeram uma oferta que eu não podia recusar", afirmou. A imprensa local sugere que o seu contrato de três anos com o clube de Donetsk poderá valer-lhe qualquer coisa como 13,5 milhões de euros.

Apresentação
Lucarelli não esteve disponível para o primeiro jogo da temporada - o empate de domingo, a uma bola, entre o Shakhtar e o FC Dynamo Kyiv, seu eterno rival - mas foi apresentado esta quarta-feira aos adeptos, tendo exibido as suas capacidades técnicas e travado conhecimento com o público no Estádio Olimpiyskiy. Acabado de gozar as férias de Verão, o avançado, que costuma envergar a camisola com o número 99, sente que ainda precisa de algumas semanas para regressar à melhor forma.

Outras propostas
O dianteiro explicou os motivos que o levaram a aceitar a proposta do Shakhtar: "Depois de ter marcado 102 golos na Serie A, precisava de um novo desafio. A oferta do Shakhtar surgiu na altura certa. Nem sequer considerei propostas de outros clubes italianos, porque não queria trair os adeptos do Livorno. Poderia ter ido para Espanha, Inglaterra, França ou Portugal, mas optei pela Ucrânia".

Ambição
Para muitos tratou-se de uma decisão estranha. No entanto, o avançado crê que a presença regular do clube nas competições europeias - em particular na UEFA Champions League - o transforma num emblema de prestígio. "Em relação à Ucrânia, é sabido na Europa que se trata de uma jovem nação, ambiciosa, que adora o futebol", acrescentou. "Isso ficou demonstrado do Campeonato do Mundo de 2006, na Alemanha".

Conselhos de Scala
O Shakhtar já tinha protagonizado outra surpresa ao levar Nevio Scala para Donetsk. O treinador italiano conquistou a "dobradinha" logo na época de estreia, em 2002/03, e também ajudou na contratação de Lucarelli. O avançado consultou o treinador antes de se deslocar para o Leste da Europa, e Scala afirmou: "Vai para a Ucrânia que não te vais arrepender". Os adeptos irão descobrir em breve se se tratou de uma decisão acertada.

Topo