Penalty tardio dá Taça ao Basileia

Um penalty de Daniel Majstorovic nos descontos foi suficiente para o Basileia derrotar o Lucerna e vencer a Taça da Suíça. O Young Boys também festejou, pois apurou-se para a Taça UEFA.

Uma grande penalidade convertida nos instantes finais por Daniel Majstorovic foi suficiente para o FC Basel 1893 derrotar o FC Luzern e vencer a Taça da Suíça, perante as 30 mil pessoas que esgotaram o Stade de Suisse, em Berna.

Cabeça fria
Majstorovic marcou de penalty quando estavam decorridos três minutos dos descontos, mantendo a cabeça fria sob a intensa pressão que se fazia sentir no relvado artificial. Muitos dos cidadãos de Berna que assistiram ao encontro terão ficado radiantes com o resultado, pois significou que o BSC Young Boys arrecadou a terceira e última vaga helvética na Taça UEFA, onde obviamente também estará o Basileia, que terminou o campeonato em segundo lugar.

Derradeiro pontapé
O momento que decidiu a final surgiu numa altura em que se antevia o prolongamento, quando o perigoso internacional australiano Scott Chipperfield foi lançado por Mladen Petrić, tendo depois sido derrubado pelo guardião David Zibung, que viu o cartão vermelho. Majstorovic não vacilou, rematando ao canto inferior esquerdo. A juiz Nicole Petignat apitou poucos segundos depois para o final da contenda e proporcionou um triunfo precioso a uma equipa que, dias antes perdera a corrida do título para o FC Zürich. Enquanto o Zurique vai disputar a segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League, o Basileia, juntamente com o FC Sion - dos portugueses João Manuel Pinto e Carlitos - e o Young Boys, seguem para a Taça UEFA.

Topo