O "site" oficial do futebol europeu

FPF de luto por Amândio de Carvalho

Publicado: sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2017, 16.44CET
Faleceu esta sexta-feira, aos 79 anos, Amândio de Carvalho, antigo vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, vítima de doença prolongada.
FPF de luto por Amândio de Carvalho
A FPF decretou um minuto de silêncio nos jogos deste fim-de-semana em memória de Amândio de Carvalho, seu antigo vice-presidente ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Your Move: uma mascote diferente para o UEFA EURO 2020
  • Your Move: uma mascote diferente para o UEFA EURO 2020
  • Nike assina acordo como fornecedor da bola das competições femininas da UEFA
  • Relatório Anual da UEFA 2017/18: agora online
  • Câmara Investigatória abre inquérito ao Manchester City
  • A Academia da UEFA: compromisso com o ensino
  • Nove federações candidatas a receber as finais de clubes em 2021
  • Zidane regressa a  Madrid: os super treinadores da #UCL
  • Quem está na Equipa da Semana da Europa League?
  • Maiores recuperações na UEFA Champions League
  • Quem está na Equipa da Semana da Europa League?
1 de 10
Publicado: sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2017, 16.44CET

FPF de luto por Amândio de Carvalho

Faleceu esta sexta-feira, aos 79 anos, Amândio de Carvalho, antigo vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, vítima de doença prolongada.

Faleceu esta sexta-feira, aos 79 anos, Amândio de Carvalho, antigo vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, vítima de doença prolongada.

Nascido no Montijo, em 1937, Amândio de Carvalho começou a desempenhar o cargo de vice-presidente da Associação de Futebol de Setúbal em 1970. Manteve-se nesse organismo até 1983, ano em que foi eleito vice-presidente da FPF, tendo acompanhado as campanhas da selecção de Portugal nas fases finais do Campeonato da Europa de 1984 da UEFA e do Campeonato do Mundo de 1986 da FIFA.

Em 1989 voltou à Associação de Futebol, primeiro para ocupar as funções de secretário-geral e, depois, as de presidente. Retornou à FPF em 1998, com vice-presidente administrativo, e aí se manteve até ao final de 2011, ano em que foi condecorado com o Grau de Comendador da Ordem de D. Henrique, pelo então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

"A sua competência profissional e capacidade de liderança deixaram marcas positivas na FPF e contribuíram para engrandecer o futebol português. Pessoa de cortesia ímpar, Amândio de Carvalho deixa igualmente ao País um enorme legado de simpatia, seriedade e honradez", escreveu o presidente da FPF, Fernando Gomes, em mensagem publicada no site do organismo. A FPF decretou, entretanto, um minuto de silêncio em memória de Amândio de Carvalho em todos os jogos deste fim-de-semana das competições por si organizadas.

Última actualização: 03-02-17 17.07CET

Informação relacionada

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2439035.html#fpf+luto+amandio+carvalho