Cohen premiado em Malta

Andrew Cohen completou uma reviravolta notável, e após uma época na qual perdeu a titularidade no Hibernians, o veterano de 34 anos foi eleito Jogador do Ano em Malta.

Andrew Cohen, do Hibernians, recebe o prémio pela terceira vez, em Valletta
Andrew Cohen, do Hibernians, recebe o prémio pela terceira vez, em Valletta ©Domenic Aquilina

Andrew Cohen, capitão de equipa do Hibernians FC, foi eleito Jogador do Ano em Malta, na cerimónia de prémios anual da Federação de Futebol de Malta (MFA), realizada em Valletta, na sexta-feira.

O jogador de 34 anos, elemento fundamental na equipa que dominou o campeonato esta temporada, disse ser a "cereja no topo do bolo" ao receber o prémio pela terceira vez. "Após perder a titularidade na época passada, queria regressar ao lugar onde desejava estar", disse.

"Sempre senti que ainda tinha muito a dar ao jogo. Tive de recuperar a confiança e lutar por um lugar na equipa. Dito isso, nunca pensei que seria candidato a vencer este prémio no final da época".

Cohen é apenas o segundo jogador a ganhar o prémio três vezes, após Gilbert Agius, antigo jogador do Valletta FC.

Topo