O "site" oficial do futebol europeu

Época em revista: Alemanha

Publicado: quarta-feira, 17 de Junho de 2015, 9.35CET
Mais uma época de sucesso do Bayern, o adeus do inimitável Jürgen Klopp e uma excelente campanha de Kevin De Bruyne figuram nos destaques da revista de 2014/15 na Alemanha.
por Steffen Potter
de Frankfurt
Época em revista: Alemanha
O Bayern sagrou-se campeão da Bundesliga pelo terceiro ano consecutivo ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Árbitras italianas convidadas para o jogo da Supertaça Europeia
  • Declaração conjunta da FIFA, AFC, UEFA, Bundesliga, LaLiga, Premier League e Lega Serie A sobre as actividades da beoutQ na Arábia Saudita
  • KV Mechelen substituído na UEFA Europa League 2019/20
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
1 de 10
Publicado: quarta-feira, 17 de Junho de 2015, 9.35CET

Época em revista: Alemanha

Mais uma época de sucesso do Bayern, o adeus do inimitável Jürgen Klopp e uma excelente campanha de Kevin De Bruyne figuram nos destaques da revista de 2014/15 na Alemanha.

Campeão: FC Bayern München
Dizer que foi sem surpresa que o Bayern se sagrou campeão da Bundesliga pelo terceiro ano consecutivo é pouco. A turma bávara tem, de longe, o melhor plantel, com uma profundidade sem igual na Alemanha, e não mais deixou o comando da prova desde que subiu ao primeiro lugar, à quinta jornada. O novo recorde fixado por Manuel Neuer de 20 jogos sem sofrer golos durante a época fala por si. "Apesar de termos dominado a Liga nos últimos anos, nunca demos nada como garantido", salientou o capitão Philipp Lahm. "Foi preciso trabalhar muito e esta equipa merece isto".

Final da Taça: Borussia Dortmund 1-3 VfL Wolfsburg
Poderia ter sido o adeus perfeito para Jürgen Klopp naquele que foi o seu último jogo ao leme do Dortmund. E tudo parecia bem encaminhado quando Pierre-Emerick Aubameyang inaugurou o marcador, mas golos de Luiz Gustavo, Kevin De Bruyne e Bas Dost deram a volta ao resultado ainda antes do intervalo. Os vice-campeões da Bundesliga seguraram a pressão do adversário nos segundos 45 minutos, oferecendo ao treinador Dieter Hecking o seu primeiro grande troféu. "Acusámos a menor falta de experiência em relação ao Dortmund nos primeiros minutos", admitiu o técnico. "Mas, no fim, acabámos por mostrar que somos um pouco melhores do que eles".

Lugares europeus*
FC Bayern München – fase de grupos da UEFA Champions League
VfL Wolfsburg – fase de grupos da UEFA Champions League
VfL Borussia Mönchengladbach – fase de grupos da UEFA Champions League
Bayer 04 Leverkusen – "play-off" da UEFA Champions League
FC Augsburg – fase de grupos da UEFA Europa League
FC Schalke 04 – fase de grupos da UEFA Europa League
Borussia Dortmund – terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League

*sujeito a confirmação final por parte da UEFA

©AFP/Getty Images

Kevin De Bruyne, médio do Wolfsburgo

Jogador do ano: Kevin De Bruyne (VfL Wolfsburg)
O jovem médio criativo belga regressou à Bundesliga no último Verão, vindo do Chelsea FC, onde não se conseguiu afirmar verdadeiramente na equipa principal. Os 25 milhões de euros que a turma germânica terá pago por ele acabaram por se mostrar totalmente justificados, com o valor de mercado do jogador a ser agora vem mais elevado. De Bruyne marcou 16 golos e fez 28 assistências no conjunto de todas as competições, pelo que foi com naturalidade que recebeu mais de 50 por cento dos votos dos outros jogadores na eleição para o prémio de futebolista do ano na Alemanha.

Jogador a seguir: Johannes Geis (1. FSV Mainz 05)
Na sua segunda temporada no Mainz, o médio de 21 anos voltou a revelar-se como o jogador-chave da sua equipa. Para além da extraordinária visão de jogo que tinha já demonstrado na época passada, mostrou agora uma capacidade de ameaçar a baliza contrária até aqui desconhecida. É, pois, natural que para além de estar já no radar do seleccionador da Alemanha, Geis esteja a ser falado como possível reforço de vários clubes, entre eles o Dortmund, que na próxima época será orientado pelo antigo treinador do Mainz, Thomas Tuchel.

Melhor marcador: Alexander Meier (Eintracht Frankfurt) – 19 golos

Despromovidos: SC Freiburg, SC Paderborn 07

Promovidos: FC Ingolstadt 04, SV Darmstadt 98

Última actualização: 17-06-15 11.59CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2258933.html#epoca+revista+alemanha