Sion bate Basileia e vence 13ª Taça da Suíça

O português Carlitos fez assistências para dois golos e marcou o terceiro na vitória do Sion sobre o Basileia de Paulo Sousa, por 3-0, aumentando o recorde de 13 vitórias na Taça da Suíça em 13 finais.

O Sion venceu na final em St. Jakob-Park, casa do Basileia
O Sion venceu na final em St. Jakob-Park, casa do Basileia ©Getty Images

O FC Sion derrotou o campeão FC Basel 1893 por 3-0 e conquistou a 13ª Taça da Suíça, mantendo o registo formidável de vencer todas as finais que disputou.

O Basileia chegou ao jogo decisivo após ter sido finalista vencido nas últimas duas edições e rapidamente se viu sob pressão, apesar de jogar em casa, no St. Jakob-Park, quando Carlitos começou a ser o protagonista da final.

O médio português, antigo jogador de Hannover 96, SL Benfica e Estoril Praia, entre outros, assistiu Moussa Konaté para o golo inaugural, aos 16 minutos, e repetiu o passe para servir Edmilson Fernandes cinco minutos após o recomeço, antes de fazer o terceiro em cima da hora de jogo.

A vitória valeu um lugar na fase de grupos da próxima edição da UEFA Europa League, dado que a Espanha tem cinco equipas na fase de grupos da UEFA Champions League e, consequentemente, ficou sem um posto na UEFA  Europa League.

Enquanto o Sion celebrou, Marcus Streller, do Basileia, terminou a distinta carreira na equipa derrotada. Substituído aos 74 minutos, o antigo internacional suíço de 33 anos disputou o último jogo como profissional sem conseguir evitar que o Sion ganhasse o primeiro troféu na prova desde 2010/11.

Topo