O "site" oficial do futebol europeu

Salzburgo completa "dobradinha" na Áustria

Publicado: quinta-feira, 4 de Junho de 2015, 8.12CET
"Foi um jogo louco", disse Jonatan Soriano após marcar um dos golos no prolongamento que valeram a vitória ao Salzburgo sobre o Áustria Viena, por 2-0, na final da Taça da Áustria.
Salzburgo completa "dobradinha" na Áustria
O Salzburgo, reduzido a dez homens quase 80 minutos, celebra segunda vitória consecutiva na Taça da Áustria ©GEPA

Especiais UEFA.com

Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Árbitras italianas convidadas para o jogo da Supertaça Europeia
  • Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • Declaração conjunta da FIFA, AFC, UEFA, Bundesliga, LaLiga, Premier League e Lega Serie A sobre as actividades da beoutQ na Arábia Saudita
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • KV Mechelen substituído na UEFA Europa League 2019/20
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
1 de 10
Publicado: quinta-feira, 4 de Junho de 2015, 8.12CET

Salzburgo completa "dobradinha" na Áustria

"Foi um jogo louco", disse Jonatan Soriano após marcar um dos golos no prolongamento que valeram a vitória ao Salzburgo sobre o Áustria Viena, por 2-0, na final da Taça da Áustria.

O FC Salzburg somou a segunda “dobradinha” consecutiva ao bater o FK Austria Wien, por 2-0, na final da Taça da Áustria graças a golos no prolongamento de Jonatan Soriano e de Felipe Pires.

A equipa de Adi Hütter dominou desde o início e Valon Berisha, de cabeça, dispõs da primeira oportunidade de golo, mas a expulsão do guarda-redes Péter Gulácsi, pouco antes do intervalo, passou a iniciativa para o Áustria.

Contudo, sem golos no tempo regulamentar, o Salzburgo colocou-se a vencer aos 96 minutos, quando Jonatan aproveitou um deslize do médio James Holland para marcar. Pires fechou as contas dez minutos depois, num contra-ataque, tirando as hipóteses de discussão à equipa da capital.

“Quando se está com menos um homem quase 80 minutos e se faz dois golos, merece-se ganhar”, disse Hütter em êxtase. “Era nosso objectivo repetir a 'dobradinha' e fico muito orgulhoso pela forma como a equipa se exibiu.”

Soriano acrescentou: "Foi um jogo louco – é assim que uma final deve ser."

Última actualização: 04-06-15 20.55CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2253807.html#salzburgo+completa+dobradinha+austria