O "site" oficial do futebol europeu

Sporting vence Braga nos penalties e conquista a Taça de Portugal

Publicado: domingo, 31 de Maio de 2015, 23.26CET
O Braga esteve a vencer por 2-0, com o Sporting a ficar reduzido a dez elementos desde cedo, mas os "leões" fizeram o 2-2 perto do fim e prevaleceram nas grandes penalidades.

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...

Especiais UEFA.com

Presidente da UEFA elogia a paixão de Itália pelo futebol
  • Presidente da UEFA elogia a paixão de Itália pelo futebol
  • UEFA Nations League com verbas aumentadas
  • VAR vai ser introduzido na UEFA Champions League em 2019/20
  • John Terry retira-se: momentos europeus mais memoráveis
  • Quem faz parte da Equipa da Semana da Europa League?
  • Raphinha na Equipa da Semana da Europa League
  • Maiores recuperações na segunda mão
  • Foto: Gerrard e os heróis do Liverpool em Istambul
  • Recuperações notáveis na UEFA Champions League
  • Duelos de titãs: colossos da #UCL defrontam-se nos oitavos-de-final
1 de 10
Publicado: domingo, 31 de Maio de 2015, 23.26CET

Sporting vence Braga nos penalties e conquista a Taça de Portugal

O Braga esteve a vencer por 2-0, com o Sporting a ficar reduzido a dez elementos desde cedo, mas os "leões" fizeram o 2-2 perto do fim e prevaleceram nas grandes penalidades.

O Sporting Clube de Portugal conquistou este domingo a Taça de Portugal, numa final emocionante frente ao SC Braga. Os minhotos estiveram a vencer por 2-0 mas os "leões", reduzidos a dez elementos desde cedo, conseguiram empatar perto do fim, levando a melhor nas grandes penalidades por 3-1.

Com uma boa entrada no jogo, os comandados de Marco Silva criaram perigo aos seis minutos, na sequência de um remate de Nani, fora da área, que não passou muito longe do alvo. Aos poucos o Braga equilibrou as operações, tentando explorar as transições rápidas, imagem de marca da formação orientada por Sérgio Conceição.

Nesse sentido, aos 13 minutos os bracarenses criaram uma situação de grande perigo, protagonizada por Djavan. O lateral entrou na grande área sportinguista e foi travado por Cédric quando se preparava para rematar à baliza. O lateral "verde-e-branco" recebeu ordem de expulsão e Éder, chamado a converter a grande penalidade, marcou o primeiro golo da tarde quando estavam decorridos 16 minutos.

Em inferioridade numérica, o Sporting tentou inverter o rumo dos acontecimentos mas os bracarenses aproveitaram o balanceamento dos "leões" para fazer o 2-0 aos 25 minutos. Rafa ganhou o lance ao recém-entrado Miguel Lopes, progrediu em direcção à grande área e, à saída de Rui Patrício, atirou para o fundo das redes. Mesmo a perder por uma margem de dois golos, o conjunto leonino não baixou os braços e Slimani deu bastante trabalho aos centrais contrários. Contudo, o resultado não sofreu alterações até ao intervalo.

Na segunda parte Marco Silva lançou Carlos Mané no jogo, que corria de feição ao Braga, apostado em preservar a vantagem e à espreita do contra-ataque. Nani era dos mais inconformados no lado do Sporting, com o extremo a ficar perto do golo aos 63 minutos, após cruzamento-remate com bastante perigo. Aos 75 o Sporting criou uma das melhores oportunidades para marcar, após cabeceamento de Slimani, mas o guarda-redes do Braga, Stanislav Kritciuk, efectuou uma defesa fantástica.

Aos 84 minutos o Sporting acabou mesmo por reduzir a desvantagem, após saída em falso de Kritciuk. Slimani, muito oportuno, aproveitou para colocar a bola no fundo das redes. Motivado pelo tento do empate, o Sporting chegou ao empate já nos descontos, através de Fredy Montero, que tinha entrado minutos antes. O avançado aproveitou um lançamento longo, ganhou o ressalto com o guarda-redes Kritciuk, e, com alguma felicidade, forçou ao prolongamento, numa ponta final frenética.

Nos 30 minutos adicionais, Nani esteve perto de marcar aos 96, com um remate em arco que saiu a escassos centímetros do poste. Na resposta, Salvador Agra ficou muito perto do golo aos 113 minutos, mas Rui Patrício evitou o terceiro tento dos bracarenses com o pé esquerdo. No minuto seguinte o Braga também ficou com dez elementos graças à expulsão de Mauro (segundo amarelo).

Com a final a ser decidida nas grandes penalidades, Rui Patrício defendeu um penalty, Éder atirou por cima e Salvador Agra também falhou, com o Sporting a conquistar o seu primeiro título desde 2008 e a 16ª Taça de Portugal do seu historial.

Após o final, o treinador Marco Silva, visivelmente satisfeito, avançou: "Fomos felizes na forma como empatámos, mas merecemos este resultado, num jogo onde nos aconteceu de tudo. Estivemos a perder por 2-0 aos 25 minutos e com menos um jogador; todos pensaram que estava tudo perdido. Nós já tínhamos conseguido uma vez frente ao Schalke e disse aos jogadores para não deixarem de acreditar. Tiveram um grande desgaste… Grande agradecimento aos jogadores e à massa adepta que aqui estive presente. Estivemos lá em baixo e conseguimos vencer."

O encontro deste domingo marcou o encerramento da temporada 2014/15 em Portugal, na qual o SL Benfica revalidou o título de campeão, tendo ainda somado a conquista da Taça da Liga.

Última actualização: 26-06-15 17.05CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2252987.html#sporting+vence+braga+penalties+conquista+taca+portugal