Arsenal bate Villa e renova título na Taça de Inglaterra

O Arsenal renovou o título na Taça de Inglaterra ao golear o Aston Villa por 4-0, com Theo Walcott, Alexis Sánchez, Per Mertesacker e Olivier Giroud a fazerem os golos em Wembley.

Theo Walcott não esconde a satisfação depois de dar vantagem ao Arsenal
Theo Walcott não esconde a satisfação depois de dar vantagem ao Arsenal ©Getty Images

O Arsenal FC bateu o Aston Villa FC por 4-0, em Wembley, e estabeleceu um novo recorde ao conquistar pela 12ª vez a Taça de Inglaterra.

Os detentores do troféu dominaram todo o jogo, mas só conseguiram ganhar vantagem com um golo de Theo Walcott a cinco minutos do intervalo. O resultado aumentou no segundo tempo com os tentos de Alexis Sánchez, Per Mertesacker e Olivier Giroud - no último remate do encontro - e o treinador Arsène Wenger pôde comemorar o sexto triunfo, igualando George Ramsay, antigo técnico do Villa, como o mais vitorioso de sempre na prova.

Dois dos jogadores que marcaram pelo "gunners" ao Hull City AFC na final da época passada, no quinto triunfo do treinador francês, ficaram perto do golo nos minutos iniciais. Primeiro foi Laurent Koscielny que cabeceou para uma boa defesa do guarda-redes Shay Given, depois foi Aaron Ramsey a acertar nas malhas laterais da baliza do Villa, antes de rematar um pouco por alto.

Walcott também viu um remate interceptado devido a um corte no último instante de Kieran Richardson, antes de dar à equipa de Wenger a vantagem que o domínio em campo já justificava. O avançado inglês marcou com um remate de pé esquerdo, o menos forte, depois de Alexis Sánchez ter amortecido um cruzamento de Nacho Monreal da esquerda.

Os papéis inveteram-se após o intervalo, com o internacional chileno a bater Given com um disparo forte e traiçoeiro a 25 metros da baliza, que ainda embateu na trave. Given voltou a mostrar bons reflexos ao defender um remate rasteiro de Santi Cazorla, quatro minutos depois, mas não conseguiu reagir quando a bola tabelou num ombro de Mertesacker após um pontapé de canto.

Giroud estabeleceu o resultado final com um remate à queima-roupa ao cair do pano. Os londrinos ultrapassaram o Manchester United FC como o clube mais vitorioso na história da Taça de Inglaterra.

Topo