Xavi entra no clube dos 500 da Liga espanhola

Xavi Hernández cumpriu o jogo 500 na primeira divisão espanhola, feito conseguido apenas por sete jogadores antes dele e todos ao serviço de Barcelona e/ou Real Madrid.

Xavi Hernández em acção no início desta época
Xavi Hernández em acção no início desta época ©Getty Images

Quando Xavi Hernández ingressou na academia do FC Barcelona, aos 11 anos, ninguém poderia prever o impacto que viria a ter no clube e no país.

O médio estratega foi subindo nos diversos escalões de formação de La Masia antes de se estrear na Liga, frente ao Valencia CF, em Outubro de 1998, com apenas 18 anos e sob o comando de Louis van Gaal. Pouco menos de 17 anos volvidos, o triunfo deste fim-de-semana, por 2-0, frente ao RCD Espanyol assinalou o 500º jogo do capitão do Barcelona no campeonato ao serviço dos catalães. Xavi entrou aos 88 minutos.

A temporada 1998/99 foi de afirmação para o médio, que lutou pela titularidade com o amigo, e futuro treinador, Josep Guardiola, com o Barcelona a conquistar o título. De facto, uma lesão de Guardiola, 12 meses depois, deu a Xavi a oportunidade de consolidar o seu lugar na equipa, e só recentemente é que começou a enfrentar concorrência de peso pela titularidade.

O veterano de 35 anos é um dos jogadores mais titulados da modalidade, com sete títulos da Liga, duas Taças de Espanha, três títulos da UEFA Champions League, duas SuperTaças Europeias e dois Campeonatos do Mundo de Clubes ao serviço dos "blaugrana" no seu currículo. Foi também um elemento crucial nas conquistas históricas da Espanha no UEFA EURO 2008 e UEFA EURO 2012, para além de ter desempenhado um papel de relevo quando a "la roja" venceu o seu primeiro Campeonato do Mundo, em 2010, na África do Sul.

O clube dos 500 da Liga
622 – Andoni Zubizarreta, 1981-98 (Athletic Club, Barcelona, Valencia CF)
550 – Raúl González, 1994-2010 (Real Madrid CF)
543 – Eusebio Sacristán, 1983-2002 (Real Valladolid CF, Club Atlético de Madrid, Barcelona, RC Celta de Vigo)
542 – Francisco Buyo, 1980-1997 (RC Deportivo La Coruña, Sevilla FC, Real Madrid)
523 – Manuel Sanchís, 1983-2001 (Real Madrid)
506 – Iker Casillas, 1999- (Real Madrid) 
504 – Miquel Soler, 1983-2003 (RCD Espanyol, Barcelona, Atlético, Sevilla, Real Madrid, Real Zaragoza, RCD Mallorca)
500 – Xavi Hernández, 1998- (Barcelona)

Topo