Olympiacos ganha 42º título na Grécia

"Provámos que somos a melhor equipa na Grécia", disse o treinador Vítor Pereira após o Olympiacos se sagrar campeão pela 42ª vez, este domingo, mesmo antes de pisar o relvado.

Alejandro Domínguez bisou pelo Olympiacos este domingo
Alejandro Domínguez bisou pelo Olympiacos este domingo ©AFP/Getty Images

O Olympiacos FC conquistou o seu 42º título de campeão grego – e o décimo nos últimos 11 anos – após o Panathinaikos FC, rival mais próximo, ter sido derrotado por 2-1 na deslocação ao terreno do Panthrakikos FC. Os homens de Vítor Pereira celebraram o triunfo goleando o Levadiakos FC por 4-0.

Sabedor de que já era campeão, o Olympiacos caminhou para a vitória num ambiente festivo no estádio Georgios Karaiskakis, com o jogo a ganhar vida aos 25 minutos, depois de o guarda-redes do Levadiakos, Michalis Sifakis, ter sido expulso por jogar a bola com a mão fora da área. Já perto do intervalo, os locais colocaram-se a vencer quando Alejandro Domínguez acorreu a um cruzamento de Mathieu Dossevi e finalizou com êxito.

Após o intervalo, a equipa do Piréu pressionou e aumentou a vantagem aos 55 minutos, quando Jorge marcou de cabeça após livre cobrado por Domínguez. Primeiro jogador do Olympiacos desde 2003/04 a atingir os dois digítos em golos e assistências, Domínguez bisou pouco depois e Kostas Fortounis fechou a contagem, já nos descontos. 

Após o apito final, o treinador Vitor Pereira, que em Janeiro rendeu Michel no cargo, prestou homenagem à sua equipa, elogiando em especial o capitão Giannis Maniatis, vítima em Março de uma lesão nos ligamentos do joelho que o manterá fora dos relvados durante seis meses. "O título pertence aos meus jogadores – em particular ao Giannis Maniatis – e aos nossos adeptos", disse. “Provámos que somos a melhor equipa na Grécia. Conquistámos o primeiro título e agora vamos tentar vencer a Taça da Grécia".

O Olympiacos conquistou uma vantagem de 3-0 na primeira mão da meia-final da prova, ante o Apollon Smyrni, e vai jogar a segunda partida a 29 de Abril. Como campeão grego, vai marcar presença na fase de grupos da próxima edição da UEFA Champions League.

Topo