Jovem talento da semana: Saint-Maximin

A fábrica de talentos do St-Étienne produziu jogadores importantes nos últimos anos, mas alguns reconhecem que o melhor ainda está para vir: conheçam Allan Saint-Maximin, avançado de 17 anos.

©AFP/Getty Images

O UEFA.com continua a sua rubrica do talento semanal, desta feita centrando atenções em Allan Saint-Maximin, um avançado de 17 anos do AS Saint-Étienne que já está a deixar a sua marca na Ligue 1.

Nome: Allan Saint-Maximin
Clube: AS Saint-Étienne
Estreia: 1 de Setembro de 2013
Posição: avançado
Nacionalidade: francês
Data de nascimento: 12 de Março de 1997
Pé preferido: direito
Altura: 1,73m

O que dizem ...
"Ele ainda precisa de se afirmar e tem muito trabalho pela frente. Mas é um jogador em quem o clube e eu depositamos elevadas expectativas."
Christophe Galtier, treinador do St-Étienne

"Nada é impossível para ele. Nunca o vão ver adoptar uma postura de 'não consigo' em relação a determinada situação de jogo. Pode estar rodeado de três jogadores mas mesmo assim vai tentar fazer algo. Não tem medo. Mantém sempre a calma e avalia bem as situações."
Bertrand Rebours, responsável pela academia do AC Boulogne-Billancourt

"Reparei que ele tinha algo de especial quando o vi caminhar pela primeira vez. Estava sempre um passo À frente em relação aos outros miúdos, em termos de fala como de movimentos."
Alex Saint-Maximin, pai de Allan

Retrospectiva ...
Nascido nos subúrbios de Paris, Saint-Maximin ingressou no St-Étienne oriundo do Boulogne-Billancourt, em 2011. Na época passada conquistou o campeonato Sub-17 pelos "verdes", ao mesmo tempo que contabilizou cinco jogos na equipa principal. Esta temporada o avançado duplicou o número de presenças nos seniores, chamando a atenção de olheiros proeminentes, o que levou o St-Étienne a renovar-lhe o contrato, até 2019.

Allan Saint-Maximin em acção no início da época
Allan Saint-Maximin em acção no início da época©AFP/Getty Images

 Estilo de jogo ...
Rápido e poderoso, Saint-Maximin pode jogar como No9 ou nos flancos. Gosta de ter a bola nos pés e encarar os adversários em velocidade. O jovem também é detentor de um forte remate.

Comparações ...
O seu estilo de jogo e movimentações inteligentes têm uma pitada de América do Sul, mas a sua força, agressividade e concentração são 100 por cento europeus. Existem reminiscências de Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Arjen Robben – mas o quadro geral é relativamente único.

Momento de inspiração ...
O segundo jogo de Saint-Maximin como titular em 2014/15 foi no terreno do Olympique de Marseille, então líder, e aos 53 minutos fez a sua primeira assistência na Ligue 1, para o golo de Jonathan Brison – que tem quase o dobro da sua idade. A sensação de que ele pertence à elite do futebol ficou sublinhada com uma entrevista pós-jogo confiante, sugerindo que está ligado ao futebol há anos.

Melhor cenário ...
Todos no St-Étienne acreditam que Saint-Maximin está destinado a ter um futuro brilhante numa equipa europeia de topo, ainda assim precisa de aprender tudo sobre a posição. Feito isso, quem o contratará? Ninguém sabe, mas tal como outros jogadores formados no St-Étienne – como Kurt Zouma, Josuha Guilavogui e Pierre-Emerick Aubameyang – nunca esquecerá a sua passagem pelo finalista da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1975/76.

O que ele diz ...
"O St-Étienne é o clube do meu coração. Quero crescer aqui."

Topo