O "site" oficial do futebol europeu

Squillaci ambiciona segundo título do Bastia

Publicado: quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015, 12.15CET
Volvidos 34 anos sobre a conquista do único título, o Bastia está na final da Taça da Liga e o capitão Sébastian Squillaci deseja quebrar o jejum após eliminar o Mónaco.
por Christian Châtelet
Squillaci ambiciona segundo título do Bastia
O Bastia festeja o penalty vitorioso de Sébastien Squillaci ©Getty Images

Especiais UEFA.com

UEFA comprometida com o futebol feminino
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Presidente da UEFA dá palestra na Universidade de Oxford
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
  • Grandes recuperações na UEFA Champions League
  • Foto: Gerrard e os heróis do Liverpool em Istambul
  • Equipa da Semana da Europa League
  • Equipa da Semana da Europa League
1 de 10
Publicado: quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015, 12.15CET

Squillaci ambiciona segundo título do Bastia

Volvidos 34 anos sobre a conquista do único título, o Bastia está na final da Taça da Liga e o capitão Sébastian Squillaci deseja quebrar o jejum após eliminar o Mónaco.

Sébastien Squillaci e Ghislain Printant, do SC Bastia, estavam satisfeitos por a equipa insular ter eliminado o AS Monaco FC por 7-6, no desempate por grandes penalidades, garantindo o acesso à final da Taça da Liga, frente ao Paris Saint-Germain, à medida que o clube tenta conquistar o segundo título da sua história.

Os penalties foram necessários após 120 minutos sem golos no Stade Louis II, e foi Squillaci quem cobrou o remate decisivo, frente à sua antiga equipa, agora orientada por Leonardo Jardim e que utilizou Ricardo Carvalho, João Moutinho e Bernardo Silva. Isso colocou a formação "azul" na final da competição – a 11 de Abril – pela segunda vez, depois de ter perdido a primeira, em 1995, também frente ao Paris.

No entanto, o triunfo caseiro do Bastia sobre o campeão francês na Ligue 1, por 4-2, a 10 de Janeiro, dará confiança aos pupilos de Printant para aumentarem o palmarés do clube, já que o único título que ostenta é a Taça de França de 1981.

Sébastien Squillaci, defesa e capitão do Bastia
Realizámos uma boa exibição. Merecemos a vitória por causa da nossa união. Tivemos algumas oportunidades para decidir a partida antes mas não aproveitámos. Os desempates são sempre uma desilusão, mas desta vez a sorte sorriu-nos. É bom.

Temos tempo para preparar a final. Estamos felizes por ir até ao Stade de France, e por levar os nossos maravilhosos adeptos connosco. Uma final é para vencer. Vamos defrontar uma grande equipa, mas é a um só jogo. Ganhámos em casa, para o campeonato. Não vejo motivos para que não possamos vencer novamente.

Ghislain Printant, treinador do Bastia
É uma grande fonte de orgulho para as pessoas, para os adeptos. Mostrámos estar à altura da ocasião. Conseguimos fazer o que tínhamos planeado frente ao Mónaco. Finalmente, penso que ganhou a equipa mais criativa e mereceu ir até ao Stade de France. Os meus jogadores surpreendem-me a cada partida. Também deixo uma palavra para o meu antecessor, Claude Makélélé [despedido no início de Novembro], e o seu adjunto, Didier Tholot.

Leonardo Jardim, treinador do Mónaco
Faltou-nos ritmo e também qualidade no último passe. Devíamos ter tentado com mais força. O Bastia vejo jogar em busca do empate. Nós tínhamos que produzir mais. Não colocámos intensidade suficiente no jogo. Agora os jogadores vão recuperar pois ainda temos muitos jogos pela frente.

Última actualização: 05-02-15 16.13CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Federações membro
Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2207137.html#squillaci+ambiciona+segundo+titulo+bastia