Villarreal passa Natal feliz

"Partimos de férias muito felizes", afirmou o treinador Marcelino, com o Villarreal no quinto lugar da Liga espanhola e a disputar a UEFA Europa League e a Taça de Espanha.

O Villarreal segue em alta para 2015
O Villarreal segue em alta para 2015 ©AFP/Getty Images

Na última época, o Villarreal CF superou as expectativas dos mais optimistas na sua temporada de regresso ao escalão principal do futebol espanhol, ao terminar no sexto lugar, garantindo assim um lugar na UEFA Europa League.

Esta época, depois de ter, este fim-de-semana, batido o RC Deportivo La Coruña por 3-0, a situação do "submarino amarelo" é ainda melhor. "Por esta altura, na temporada passada tínhamos 28 pontos, enquanto esta época somamos 30 com menos um jogo disputado", salientou o treinador, Marcelino. "São pontos que já ninguém nos pode tirar. Estes jogadores estão a dar-nos muitas alegrias; estou extremamente satisfeito com o seu empenho e com a sua dedicação. Partimos de férias muito felizes."

Tudo tem, pois, corrido sobre rodas e as perspectivas para 2015 são as melhores; para além de estar nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League, onde vai enfrentar o FC Salzburg, o Villarreal encontra-se ainda nos oitavos-de-final da Taça de Espanha e promete lutar até ao fim com Sevilla FC, Valencia CF e Málaga CF pelo quarto lugar final na Liga espanhola, posição que confere acesso à UEFA Champions League – onde o Villarreal não está desde 2011/12.

A solidez defensiva tem sido vital para os recentes bons resultados da equipa, a única a não ter sofrido qualquer golo no primeiro escalão em Espanha nos últimos quatro jogos. Porém, igualmente importante é o trabalho realizado no ataque, em especial pelos jovens avançados Denis Cheryshev e Luciano Vietto. O russo fez a assistência para Vietto selar o triunfo de domingo sobre o Deportivo, oferecendo assim ao argentino o seu 12º golo da temporada no conjunto de todas as competições.

Vietto afirma-se, pois, como uma das melhores contratações do clube para esta temporada – o Villarreal contratou o ponta-de-lança de 21 anos ao Racing Club de Avellaneda por um valor na ordem dos 5.5 milhões de euros. "Vietto é um grande jogador e está a atravessar um excelente momento de forma", afirma Marcelino sobre o principal goleador da equipa. "A sua adaptação e as suas exibições têm sido melhores do que esperávamos. É sempre necessário ter alguma paciência com os jogadores mais jovens, mas é evidente que ele se pode desenvolver bastante mais."

Ainda assim, como explica o médio-ofensivo Moi Gómez, o êxito do Villarreal não se deve a nenhum jogador a título individual. "A nossa equipa aprendeu a ser um verdadeiro grupo, um grupo unido para o qual todos contribuem", salientou o centrocampista de 20 anos. "O facto de todos na equipa mostrarem uma enorme dedicação é fundamental. A relação entre jogadores e equipa técnica é excelente e todos beneficiam com isso."

Topo