Keșerü causa sensação ao marcar seis pelo Steaua

"Honestamente, não sei como aconteceu. É difícil acreditar", reconheceu Cladiu Keşerü após marcar os seis golos do triunfo do Steaua frente ao Pandurii.

Claudiu Keșerü fez um "hat-trick" em cada parte frente ao Pandurii
Claudiu Keșerü fez um "hat-trick" em cada parte frente ao Pandurii ©Ilya Tarasenko

Um cabeceamento em mergulho, uma grande penalidade e uma conclusão de uma jogada de um contra um na primeira parte. Um belo remate em arco, um disparo à queima-roupa e um chapéu de longa distância aproveitando o adiantamento do guarda-redes na segunda. Claudiu Keşerü conseguiu um feito inédito no clube ao marcar todos os golos no triunfo do FC Steaua Bucureşti, por 6-0, sobre o CS Pandurii Târgu Jiu.

"Para ser sincero, não consigo explicar. É difícil acreditar no que aconteceu", reconheceu o jogador de 27 anos no final do encontro. "Não estava à espera disto, tenho de agradecer aos meus colegas pelas excelentes assistências. Nunca tinha feito tantos golos num jogo dos seniores, só nos escalões jovens. Quando jogava na segunda divisão francesa, marquei uma vez quatro golos, mas nunca tinha conseguido nada semelhante a isto."

Keşerü superou o recorde do Steaua de cinco golos num jogo, que tinha sido conseguido há 20 anos pelo actual treinador Constantin Gâlcă, numa goleada de 5-0 frente ao FC Brasov. Curiosamente, não foi a primeira vez que um jogador apontou seis golos num encontro da primeira divisão romena. A 9 de Junho de 1993, Marian Popa marcou por seis vezes no triunfo do FC Farul Constanta, por 6-3, sobre o FC Oţelul Galaţi (e tal como Keşeru, cinco golos resultaram de jogadas de bola corrida e um de grande penalidade).

Keşerü, que já representou FC Nantes, SCO Angers e SC Bastia, quer manter a boa forma nos desafios do Steaua frente ao FC Ludogorets Razgrad, no “play-off” da UEFA Champions League, e esta proeza pode servir também de alerta para o seleccionador Victor Piţurcă. Keşerü marcou na estreia pelo seu páis, no ano passado, e deve voltar a ser chamado na qualificação para o UEFA EURO 2016, onde a Roménia vai ter de medir forças no Grupo F com Grécia, Hungria, Finlândia, Irlanda do Norte e Ilhas Faroé.

Até lá terá tempo para digerir os efeitos da noite mais lendária e invulgar da sua carreira. "Não tenho nada a provar, mas se alguém tinha dúvidas sobre as minhas capacidades, mostrei do que sou capaz", destacou.

Topo