Sparta bate Plzeň e conquista SuperTaça

David Lafata marcou o sexto golo em dois jogos e ajudou o Sparta a bater o Plzeň por 3-0 na SuperTaça da República Checa, dando sequência à "dobradinha" conseguida na época passada.

David Lafata ergue a SuperTaça da República Checa conquistada pelo Sparta de Praga
David Lafata ergue a SuperTaça da República Checa conquistada pelo Sparta de Praga ©Martin Sekanina

O campeão AC Sparta Praha conquistou pela segunda vez a SuperTaça da República Checa, ao bater o FC Viktoria Plzeň por 3-0.

A equipa da capital, que fez a "dobradinha" na época passada, começou esta temporada em grande forma ao golear o FC Levadia Tallinn, por 7-0, na primeira mão da segunda pré-eliminatória a UEFA Champions League. A equipa de Vítězslav Lavička não perdeu gás e conseguiu um triunfo tranquilo, com golos de David Lafata, Ladislav Krejčí e Michal Breznaník.

O Viktoria Plzeň podia ter ganho vantagem logo aos cinco minutos, mas Jan Kovařík acertou na trave na marcação de uma grande penalidade. Foram precisos apenas mais cinco minutos para o Sparta se adiantar no marcador, com Lafata a marcar na sequência de um livre de Bořek Dočkal, o sexto golo do avançado nos últimos dois jogos, visto ter marcado por cinco vezes ao Levadia. O internacional checo Krejčí aumentou para 2-0 aos 33 minutos e Breznaník, um dos reforços do Sparta para a nova época, estabeleceu o resultado final no último minuto.

"Este triunfo tem o mesmo valor que a conquista do campeonato ou da Taça da República Checa", afirmou o capitão Lafata. "Batemos o Plzeň pela maior diferença de sempre na Supertaça, mas tivemos alguma sorte no início do jogo, pois eles desperdiçaram uma grande penalidade. Reagimos com um golo de bola parada e isso influenciou o resto do jogo, pois pudemos passar a apostar nos contra-ataques".

O Sparta vai voltar a medir forças com o Levadia na terça-feira e espera encontrar Malmo FF ou FK Ventspils na terceira pré-eliminatória.

Topo