O "site" oficial do futebol europeu

Sparta quer regressar ao topo

Publicado: terça-feira, 3 de Agosto de 2004, 20.43CET
Antevisão da época: O Sparta de Praga quer voltar ao topo do futebol da República Checa.

Especiais UEFA.com

Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Árbitras italianas convidadas para o jogo da Supertaça Europeia
  • Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • Declaração conjunta da FIFA, AFC, UEFA, Bundesliga, LaLiga, Premier League e Lega Serie A sobre as actividades da beoutQ na Arábia Saudita
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • KV Mechelen substituído na UEFA Europa League 2019/20
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
1 de 10
Publicado: terça-feira, 3 de Agosto de 2004, 20.43CET

Sparta quer regressar ao topo

Antevisão da época: O Sparta de Praga quer voltar ao topo do futebol da República Checa.

O AC Sparta Praha vai começar a nova época no próximo sábado, com a esperança de reconquistar o estatuto de melhor equipa da República Checa.

Principal favorito
O Sparta ganhou oito campeonatos desde que o país se tornou independente, em 1993, mas na última época ficou no segundo posto, cinco pontos atrás do surpreendente campeão, o FC Baník Ostrava. Como resposta, o clube de Praga fez um esforço para reforçar a equipa e parte para a nova época como o principal favorito.

Sangue novo
Já sob a liderança de novos proprietários, oriundos da vizinha Eslováquia, o Sparta contratou cinco jogadores, tendo quatro deles iniciado a partida frente ao Apoel FC, a contar para a primeira mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League. O quinto, o antigo internacional checo Jan Simák, está à procura da sua melhor forma, depois de dez meses longe dos relvados. O talentoso médio abandonou, em Setembro último, o Bayer 04 Leverkusen, alegando estar cansado de jogar futebol.

Mexidas na defesa
O treinador, František Straka, teve de reconstruir a sua defesa, depois de Tomáš Hübschman ter abandonado o clube rumo à Ucrânia, para alinhar no FC Shakhtar Donetsk, e Petr Johana se ter lesionado gravemente na pré-temporada, o que o vai deixar de fora por três meses. O antigo defesa internacional Sub-21, Jiří Koubský, e o lateral esquerdo eslovaco, Marek Čech, são as caras novas na defensiva do Sparta, tal como Radek Hochmeister, regressado ao clube após ter estado emprestado ao FK Jablonec 97.

Heinz fica
Os detentores do título, o Banik, perderam dois homens-chave no seu "onze", o guardião Jan Laštuvka, que rumou também ao Shakhtar, e René Bolf, que ingressou no AJ Auxerre. No entanto, o melhor marcador, Marek Heinz, vai continuar a jogar no Estádio Bazaly, apesar do interesse de inúmeros clubes estrangeiros, após o excelente UEFA EURO 2004™ que protagonizou.

Reforços no estrangeiro
O técnico František Komňacký procurou reforços fora do país. O guarda-redes Miroslav König vem da vizinha Eslováquia, preenchendo o lugar de Laštuvka; Marek Zúbek vem da Bélgica, do KFC Lommelse SK, após a falência do clube; Jan Velkoborský, do LR Ahlen, da segunda divisão alemã. Por fim, Michal Papadopulos regressa a casa depois de não se ter conseguido impor no Arsenal FC.

Slávia mais fraco
Em contraste, o SK Slavia Praha, quarto classificado na última temporada, decidiu apostar na continuidade. O clube apenas contratou um jogador, o defesa Miroslav Holeňák, que seguiu as pisadas do técnico Josef Csaplár rumo ao Estádio Strahov, vindo do FC Slovan Liberec. Csaplár conta somente com 18 elementos no plantel, depois das saídas de Martin Müller e Tomáš Dosek, e do regresso aos seus clubes de György Jozsi e Jefferson Luis, que estavam emprestados.

Pontos deduzidos
No outro extremo da tabela, o 1. FC Synot vai enfrentar uma tarefa hercúlea, depois do quinto lugar da última temporada ser ensombrado por 12 pontos de penalização, devido ao facto de o clube estar envolvido num caso de corrupção. O Synot vai jogar sob um novo nome, o 1. FC Slovácko, mas é um dos candidatos à descida de divisão, juntamente com os recém-promovidos FC Drnovice e FC Mladá Boleslav.

Última actualização: 19-02-12 7.43CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=212046.html#sparta+quer+regressar+topo