Penalties dão 20ª Taça ao Sparta

O empate em tempo de compensação e uma vitória nos penalties ajudou o Sparta a vencer o Plzeň, conquistando a sua 20ª Taça da República Checa e a "dobradinha".

O Sparta festeja o seu 20º triunfo na Taça da República Checa
O Sparta festeja o seu 20º triunfo na Taça da República Checa ©Martin Sekanina

O AC Sparta Praha levou a melhor sobre o FC Viktoria Plzeň nos penalties, após um emocionante empate a um golo, conquistando a sua 20ª Taça da República Checa, ao mesmo tempo que completou a "dobradinha".

O Plzeň inaugurou o marcador aos 74 minutos, num remate de longe de Radim Řezník que sofreu um desvio. Apesar de parecer controlar a partida, o Plzeň foi surpreendido no último minuto do tempo de compensação, quando Petržela tocou a bola com a mão na área e Josef Hušbauer converteu o castigo máximo.

No desempate que se seguiu, o dia de Petržela piorou ainda mais quando falhou o seu remate e o lateral-direito do Sparta, Pavel Kadeřábek, não desperdiçou a sua tentativa e decidiu a contenda.

"Estou muito feliz pelo excelente final de época", disse Lukáš Vácha, médio do Sparta, ao UEFA.com. "Conseguimos os dois objectivos a que nos propusemos no início."

O treinador Vítězslav Lavička reconheceu a dificuldade que a sua equipa sentiu para conquistar mais um troféu: "O Viktoria esteve perto do triunfo, mas acreditámos até ao fim e fomos recompensados por isso."

Topo