Ludogorets completa segunda "dobradinha"

"Todos os meus companheiros são heróis", disse Roman Bezjak, após marcar frente ao Botev Plovdiv, na final da Taça da Bulgária, assegurando a segunda "dobradinha" do Ludogorets.

Marian Ognyanov (à direita), do Botev, em duelo com Fábio Espinho, do Ludogorets
Marian Ognyanov (à direita), do Botev, em duelo com Fábio Espinho, do Ludogorets ©Stoyan Georgiev

Um remate à meia-volta de Roman Bezjak, à boca da baliza, assegurou um triunfo por 1-0 frente ao PFC Botev Plovdiv, na final da Taça da Bulgária, que valeu ao PFC Ludogorets Razgrad a segunda "dobradinha" nas últimas três épocas.

O ponta-de-lança esloveno Bezjak fez o remate decisivo na sequência de um canto cobrado aos 58 minutos, apesar de o Ludogorets poder ter chegado à vantagem ainda antes do intervalo no Estádio Lazar, em Burgas, quando após um livre do português Fábio Espinho, Georgi Terziev cabeceou à barra. Assim que se viu em vantagem, o Ludogorets recuou no terreno e defendeu bem, continuando a colocar os adversários em sentido no contra-ataque. No entanto, a sua missão foi mais facilitada quando o suplente Vander Vieira foi expulso, após uma entrada dura sobre Mihail Alexandrov.

A final foi o 63º encontro oficial do Ludogorets na presente temporada, com Bezjak a dar o mote quanto aos objectivos da equipa: um novo assalto à UEFA Champions League, depois de ter brilhado na presente edição da UEFA Europa League. "Todos os meus companheiros são heróis, e não apenas eu. Esta época foi um sonho tornado realidade, uma vez que conseguimos a 'dobradinha' e tivemos um bom desempenho na UEFA Europa League. Por agora, devemos festejar a conquista da 'dobradinha' e depois recomeçar a trabalhar arduamente, tendo em vista a próxima temporada".

"Conseguimos a 'dobradinha' e chegámos aos oitavos-de-final da Europa League, pelo que esta é uma época de sonho para a equipa", acrescentou o técnico Stoicho Stoev. "Há dez meses, quando cheguei ao clube, jamais sonharia que teríamos um final tão glorioso. É uma sensação fantástica e desejo, do fundo do coração, que todos os meus colegas treinadores possam viver momentos como este".

Desde que conseguiu a sua primeira subida de divisão, em 2011, o Ludogorets venceu todos os troféu em disputa na Bulgária excepto um: a Taça da Bulgária da época passada, que foi conquistada pelo PFC Beroe Stara Zagora.

Topo