Título decide-se em Espanha, Juve tenta centena

O título da Liga espanhola será decidido na última jornada entre o Barcelona e o Atlético de Madrid, em Camp Nou, enquanto em Itália a Juventus persegue uma marca única.

Thibaut Courtois (Atlético de Madrid) e Lionel Messi (Barcelona) vão defrontar-se no jogo decisivo da Liga espanhola
Thibaut Courtois (Atlético de Madrid) e Lionel Messi (Barcelona) vão defrontar-se no jogo decisivo da Liga espanhola ©AFP/Getty Images

Espanha: FC Barcelona - Club Atlético de Madrid (Sábado, 17h00)
Com o título da edição 2013/14 da Liga espanhola em causa este fim-de-semana, Xavi Hernández, médio do Barça, disse esperar uma "final espectacular" frente ao líder Atlético. Com três pontos de vantagem sobre os "blaugrana" à entrada para a última jornada, os "colchoneros" sabem que um empate lhes garante o campeonato pela primeira vez desde 1996. No entanto, o Barcelona e Xavi vão tentar evitar esse desfecho e garantir eles próprios o título, somando para isso uma vitória crucial, depois de quase terem perdido essa hipótese por culpa do empate ante o Elche CF, no fim-de-semana passado, beneficiando do facto de o Atlético também ter perdido pontos contra o Málaga CF.

"A dúvida pairou após o nosso empate, mas o futebol deu-nos mais uma hipótese de sermos campeões", disse Xavi. "O Camp Nou precisa de ser como uma panela de pressão e não podemos falhar". Entretanto, Gabi, médio do Atlético, insiste que a sua equipa vai "estar à altura do desafio", acrescentando: "Sabemos que não vai ser fácil, mas temos de estar preparados para deixar tudo em campo". 

França: FC Sochaux-Montbéliard - Évian Thonon Gaillard FC (Sábado, 20h00)
O Sochaux passou 66 épocas na primeira divisão francesa, um recorde, e está desejoso de manter esse registo, após uma série de sete jogos sem perder ter reavivado a sua campanha. Um triunfo na última jornada tira a equipa de Hervé Renard do antepenúltimo lugar – por troca com o Évian, que assim acompanharia AC Ajaccio e Valenciennes FC na descida de divisão. "Há seis semanas estávamos a oito pontos dos lugares de manutenção", disse o carismático treinador. "Claro que existia alguma desconfiança em relação a mim, mas o plantel manteve o empenho e crença no nosso destino".

Quando assumiu o comando técnico, em Outubro, com o Sochaux já em dificuldades, Renard desejou "uma final frente ao Évian na última jornada", e o seu sonho pode tornar-se realidade. Entanto, o treinador do Évian, Pascal Dupraz, está desejoso de transformar este conto de fadas num pesadelo para o Sochaux. "Não se esqueçam que temos um ponto de vantagem", disse. "Não conhecem a história do nosso clube. Eu conheço. Sei do que somos capazes e sei que vamos conseguir a manutenção".

Itália: Juventus - Cagliari Calcio (Domingo, 14h00)
"Já fizemos história, agora há que colocar a cereja no topo do bolo", disse Andrea Pirlo, médio da Juventus, após o triunfo por 1-0 sobre a AS Roma, no fim-de-semana passado. Esse resultado colocou o campeão da Serie A com 99 pontos, um recorde, ultrapassando a marca anterior, pertença do FC Internazionale Milano. Um empate este domingo faria dos "bianconeri" a primeira equipa a atingir os 100 pontos na primeira divisão italiana.

Entretanto, um triunfo confirmá-la-ia como a primeira equipa a completar uma época da Serie A, a 20 clubes, com um registo caseiro 100 por cento vitorioso – o Torino FC, em 1948/49, e o AC Milan, há oito temporadas, registaram um empate. Independentemente do resultado, a Juve celebrará oficialmente o seu 30º "scudetto" depois do apito final, quando receber o troféu e o exibir numa viagem por Turim em autocarro a céu aberto.

Horas de Portugal Continental

Topo