Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

Pyunik ganha a sétima Taça da Arménia

O Pyunik venceu a Taça pela sétima vez, com Kamo Hovhannisyan e Sargis Baloyan a marcarem na vitória por 2-1 sobre o Gandzasar, que chegou à final pela primeira vez.

Pyunik festeja a vitória na Taça
Pyunik festeja a vitória na Taça ©Hakber

Kamo Hovhannisyan e Sargis Baloyan marcaram os golos do FC Pyunik na vitória na Taça da Arménia pelo segundo ano consecutivo, por 2-1, sobre o FC Gandzasar.

O Pyunik procurava a sétima vitória, um recorde depois da independência, e ao intervalo já vencia, com um tento de Hovhannisyan. Baloyan aumentou a vantagem em cima da hora de jogo, mas Narek Beglaryan reduziu e manteve alguma incerteza no resultado até ao fim. O Pyunik acabaria por vencer o troféu e garantir assim um lugar na primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League.

Depois de um começo cauteloso das duas equipas, o Gandzasar, conjunto mais experiente, apesar de disputar a sua primeira final, aumentou o ritmo de jogo, mas acabou a primeira parte a perder, com Baloyan a lançar Hovhannisyan no espaço e o avançado a finalizar com êxito.

Gandzasar entrou melhor na segunda parte, com mais bola, apesar de o Pyunik revelar-se mais perigoso no contra-ataque, com Baloyan e Agvan Papikyan a estarem perto do segundo. Seria Baloyan a aumentar a vantagem depois de levar a melhor no um-para-um com o guardião contrário, mas, dois minutos passados, Beglaryan reduziu de cabeça. Hayrapet Avagyan esteve perto do empate com um remate de cabeça à queima-roupa, mas Gor Manukyan teve uma grande intervenção.

"Foi um típico jogo de taça", disse o treinador do Pyunik, Sargis Hovsepyan. "Qualquer equipa consegue-se motivar para uma decisão a um só jogo e fazer uma boa partida. Fizemos tudo bem hoje. Este jogo provou que temos jogadores de qualidade, apesar de precisarmos de mais experiência para colocar o nosso nível num patamar mais elevado."

Topo