Lovćen aponta ao primeiro troféu em Montenegro

"Estamos tão perto de fazer história", disse o capitão do Lovćen, Vladan Tatar, depois de chegar à final da Taça do Montenegro e poder ganhar o primeiro troféu em ano de centenário.

O Lovćen celebra um golo na Liga de Montenegro
O Lovćen celebra um golo na Liga de Montenegro ©Vijesti

No final da época do seu centenário, o FK Lovćen está a 90 minutos de conquistar pela primeira vez um grande troféu, com o capitão Vladan Tatar ansioso para que a sua equipa jogue a final da Taça do Montenegro.

Fundado em 1913, o clube de Cetinje - a antiga capital de Montenegro – vai defrontar o FK Mladost Podgorica na final de 21 de Maio, depois de já o ter derrotado por três vezes esta época, na First League. Para Tatar é uma oportunidade que não podem deixar passar. "Estamos tão perto de fazer história, tenho a certeza que vamos estar no nosso melhor no jogo mais importante das nossas carreiras", disse.

Tatar estava na equipa do Lovćen que perdeu a final de 2009 para o OFK Petrovac, o mesmo adversário que eliminou, desta vez, na meia-final. "Esse foi um dia de que tento não me lembrar", disse o jogador de 30 anos. "Sempre acreditei que iria ter outra oportunidade de ganhar um troféu. A Taça do Montenegro é o mais importante troféu em jogos a eliminar. Sabendo o quão mau é perder, posso imaginar o quão bom será vencer."

Contudo, a Taça de Montenegro não é o único troféu que o Lovćen deseja conquistar esta época. Segundo na classificação, segue quatro pontos atrás do actual campeão FK Sutjeska, depois da derrota averbada no sábado, por 1-0, na visita ao FK Budućnost Podgorica - a primeira derrota na segunda fase do campeonato. Todavia, com três jogos em casa uma visita a Sutjeska pela frente, um primeiro título de campeão nacional não está fora de questão.   

Topo