Real travado, quarteto reforça posição

Juventus, Paris, Chelsea e Bayern aumentaram as vantagens na liderança e o Benfica segue firme na topo, enquanto em Espanha, pelo contrário, a luta pelo título continua bastante renhida.

A Juventus festeja a notável vitória
A Juventus festeja a notável vitória ©Getty Images

Não faltaram jogos grandes este fim-de-semana, nos quais os líderes dos principais campeonatos europeus registaram resultados positivos, apesar da vantagem do Real Madrid CF na Liga espanhola ter sido encurtada para um ponto. Em contraste, Juventus, Paris Saint-Germain, Chelsea FC e FC Bayern München dilataram as respectivas vantagens, enquanto o Manchester City FC conquistou um troféu. Em Portugal, o líder SL Benfica continua firme e passou a ter o rival FC Porto a nove pontos. O UEFA.com resume a acção.

Espanha
O Real continua na frente da Liga espanhola, após empatar 2-2 na visita ao Club Atlético de Madrid num derby madrileno emocionante. Cristiano Ronaldo fez o empate à beira do fim para os visitantes, depois de os "colchoneros" terem ameaçado roubar a liderança, por culpa da vantagem no confronto directo. "Empatámos um jogo no qual estivemos a perder, e podemos estar felizes com isso", comentou o treinador do Real, Carlo Ancelotti. "Neste momento lideramos o campeonato e temos mais sete jogos em casa e cinco fora". Ainda assim, os "merengues" têm apenas um ponto de vantagem, já que o FC Barcelona subiu ao segundo lugar depois de golear o UD Almería por 4-1, com golos de Alexis Sánchez, Lionel Messi, Carles Puyol e Xavi Hernández.

Itália
A Juventus desferiu mais um golpe impressionante na luta pelo título da Serie A, ao somar um triunfo por 2-0 no terreno do AC Milan, passando a ter 11 pontos de vantagem sobre o seu mais directo perseguidor, a AS Roma. "São três pontos muito importantes, mas temos de ser muito cuidadosos", disse o guarda-redes da Juve, Gianluigi Buffon. "Ainda nada está decidido e a Roma é uma equipa muito forte, que não está envolvida em mais nenhuma competição". Os "giallorossi" também têm um jogo em atraso, apesar de as suas esperanças terem sofrido um revés, já que não foram além de um empate a zero com o FC Internazionale Milano. No terceiro lugar, o SSC Napoli empatou a um com o aflito AS Livorno Calcio, enquanto a ACF Fiorentina, quarta classificada, perdeu por 1-0 em casa, diante da SS Lazio.

Inglaterra
As coisas correram de feição ao Chelsea na Premier League, já que dilatou a sua vantagem para quatro pontos, ao derrotar o Fulham FC, enquanto o Arsenal FC, seu mais directo perseguidor, perdeu em casa do Stoke City FC. "Queríamos os três pontos, precisávamos deles, e com os três golos que marquei, foi o dia perfeito para mim", disse André Schürrle, que apontou todos os golos no triunfo por 3-1 dos "blues". O penalty de Jon Walters garantiu a derrota por 1-0 dos "gunners" no terreno do Stoke, o que significa que foram substituídos no segundo posto pelo Liverpool FC, devido à diferença de golos, depois de os "reds" terem ganho fora ao Southampton FC, por 3-0. Entretanto, o Manchester City FC ergueu a Taça da Liga, recuperando de desvantagem para bater o Sunderland AFC por 3-1, em Wembley.

França
Foi um bom fim-de-semana para o Paris, líder da Ligue 1, já que aumentou a distância para oito pontos, graças a uma vitória caseira por 2-0 sobre o arqui rival Olympique de Marseille, com golos de Maxwell e Edinson Cavani. "Penso, sem qualquer dúvida, que o Paris vai sagrar-se campeão", notou o treinador do Marselha, José Anigo, após o apito final. "Não vejo o Mónaco ao mesmo nível que o Paris". De facto, o AS Monaco FC não conseguiu manter a pressão, já que perdeu por 2-0 frente ao AS Saint-Étienne, resultado que colocou os "verdes" no terceiro lugar durante um dia, antes de o LOSC Lille, no domingo, recuperar duas vezes de desvantagem para vencer por 3-2 no recinto do AC Ajaccio, graças ao "hat-trick" de Salomon Kalou.

Alemanha
O Bayern deu mais um grande passo rumo à conquista da Bundesliga, aumentando a sua vantagem para 20 pontos, a 11 jornadas do fim, com uma goleada por 5-1 sobre o FC Schalke 04, quarto classificado. "Foi uma das melhores primeiras partes que vi desde que estou no clube", disse Arjen Robben, autor de um "hat-trick", depois de o Bayern ter construído uma vantagem de 4-0 ao fim dos primeiros 28 minutos. O Borussia Dortmund é segundo classificado após vencer fora 3-0 o 1. FC Nürnberg, substituindo o Bayer 04 Leverkusen, que sofreu a terceira derrota consecutiva no campeonato, por 1-0, frente ao 1. FSV Mainz 05. "Se queremos manter o segundo lugar, temos de ganhar o máximo de jogos possíveis", disse Henrikh Mkhitaryan, do Dortmund.

Outros países
Em Portugal, o Benfica derrotou fora o CF Os Belenenses por 1-0 e repôs os cinco pontos de vantagem sobre o Sporting Clube de Portugal na liderança, vitorioso no sábado, enquanto o Porto está agora a nove das "águias" após o empate 2-2 no terreno do Vitória SC. O AFC Ajax deu um impulso decisivo à sua candidatura pelo título holandês graças a uma vitória por 2-1 sobre o Feyenoord, num "de klassieker" em que esteve a perder. Joël Veltman marcou o golo decisivo, que permitiu ao campeão da Eredivisie ficar com oito pontos de vantagem sobre o FC Twente, que empatou a um com o FC Utrecht. Do outro lado da fronteira, na Bélgica, o Club Brugge KV ficou a quatro pontos do topo, mercê de um triunfo por 1-0 sobre o R. Standard de Liège. Na Grécia, o Olympiacos FC sofreu a sua primeira derrota da época no campeonato, perdendo por 3-0 na recepção ao Panathinaikos FC, apesar de continuar no primeiro lugar, com 19 pontos de vantagem.

Topo