Nápoles regressa aos triunfos frente à Lázio

Gonzalo Higuaín marcou dois golos e ajudou o Nápoles a regressar aos bons resultados, com um triunfo por 4-2 em casa da Lázio, e a voltar a ultrapassar a Fiorentina, que minutos antes venceu um jogo emotivo.

Gonzalo Higuaín comemora depois de marcar o terceiro golo à Lázio
Gonzalo Higuaín comemora depois de marcar o terceiro golo à Lázio ©AFP/Getty Images

Gonzalo Higuaín marcou dois golos e ajudou o SSC Napoli a regressar aos bons resultados, com uma vitória por 4-2 sobre a SS Lazio, a primeira em casa dos romanos em cinco anos.

O Nápoles entrou em campo após uma série de três derrotas consecutivas e, embora Higuaín tenha animado os visitantes quando inaugurou o marcador a meio do primeiro tempo, o treinador Rafael Benítez deve ter temido o pior quando Valon Behrami fez um auto-golo 60 segundos depois. Outro antigo jogador de Lazio, Goran Pandev, recolocou os napolitanos em vantagem na segunda parte, e Higuaín decidiu o encontro ao bisar, embora ambas as equipas ainda tenham marcado antes do apito final.

Higuaín não marcava na Serie A desde 22 de Setembro, mas isso não se notou quando avançou pelo meio da defesa da Lázio, evitou o desarme de Michael Ciani e apontou o primeiro golo. O segundo golo do argentino, na sequência de um passe em profundidade de Pandev, também foi uma bela execução. Keita Baldé criou alguma incerteza quando reduziu para 3-2, a dois minutos do final, mas um bom golo de José Callejón confirmou o triunfo dos visitantes.

O Nápoles regressou ao terceiro lugar, ultrapassando FC Internazionale Milano e ACF Fiorentina, que também marcou quatro golos esta segunda-feira num emotivo embate com o Hellas Verona FC. O jogo chegou aos 14 minutos com 2-2 no marcador, com Borja Valero a bisar pela equipa da casa e Iturbe a marcar pelos visitantes, mas o encontro ficou decidido com dois golos em 11 minutos, divididos pelas duas partes, apontados por Juan Vargas e Giuseppe Rossi (uma grande penalidade). Jorginho ainda respondeu (72), mas a Fiorentina segurou a vitória por 4-3.

Topo