Teplice em ascensão na República Checa

"Na época passada lutámos para não descer, estivemos sob enorme pressão e ansiedade", disse o treinador do Teplice, Zdeněk Ščasný, cuja equipa ocupa o segundo lugar após 12 jornadas.

O defesa Nivaldo, de Cabo Verde, um dos esteios do Teplice, festeja o golo que deu a vitória sobre o Plzeň, participante na UEFA Champions League
O defesa Nivaldo, de Cabo Verde, um dos esteios do Teplice, festeja o golo que deu a vitória sobre o Plzeň, participante na UEFA Champions League ©Vlastimil Vacek

Da batalha "deprimente" para evitar a despromoção ao segundo lugar com mais de um terço do campeonato já cumprido, o FK Teplice desfruta dos lugares cimeiros na República Checa.

A equipa do noroeste do país, junto à fronteira com o estado alemão da Saxónia, experimentou uma espécie de renascimento após a sequência de três vitórias nas derradeiras jornadas da época 2012/13, que lhe valeram continuar na divisão principal do futebol checo.

O conjunto de Zdeněk Ščasný ostenta o melhor registo de golos no campeonato, 33, e, no passado sábado, terminou com a invencibilidade do FC Viktoria Plzeň ao derrotá-lo em casa, por 1-0, perante 16 mil pessoas. Após 12 partidas, o Teplice está a apenas seis pontos do total de 32 somados na campanha anterior em 30 jornadas.

"Na época passada lutámos para não ser descer, estivemos sob enorme pressão e ansiedade", recordou Ščasný. "Foi deprimente, mas agora estamos a viver uma experiência completamente diferente ao chegarmos até aqui."

O resultado frente ao Plzeň dilatou para seis o número de vitórias em casa do Teplice. Sobre a maior assistência da temporada no clube, Ščasný disse: "Os nossos adeptos estão sempre ansiosos por ver os nossos jogos, esteve um ambiente fantástico no estádio."

Tendo derrotado o actual campeão, Teplice vai agora tentar acabar com a única equipa invicta no campeonato quando visitar o Stadion Letná, no próximo sábado, para defrontar o líder AC Sparta Praha.

Topo