Guardiola vence na estreia no comando do Bayern

Josep Guardiola entrou com o pé direito na Bundesliga, com o Bayern a vencer por 3-1 num jogo que teve um autogolo e duas grandes penalidades cometidas por um espanhol em outros tantos minutos.

Mario Mandžukić comemora depois de fazer o 2-0 para o Bayern
Mario Mandžukić comemora depois de fazer o 2-0 para o Bayern ©Getty Images

Os golos madrugadores de Arjen Robben e Mario Mandžukić lançaram o FC Bayern München para uma vitória por 3-1 frente ao VfL Borussia Mönchengladbach, numa agitada estreia na Bundesliga do treinador Josep Guardiola.

Os campeões alemães já venciam por 2-0 aos 15 minutos do primeiro jogo da época, mas um desentendimento entre Dante e Manuel Neuer levou a que a vantagem ficasse reduzida ainda antes do intervalo, com o defesa brasileiro a fazer um autogolo no encontro com a sua antiga equipa. O segundo tempo foi caricato, com o espanhol Álvaro Domínguez a cometer duas grandes penalidades em outros tantos minutos. Thomas Müller falhou a sua oportunidade, mas David Alaba converteu o segundo castigo máximo e confirmou o triunfo.

Guardiola apostou de início em dez dos 11 jogadores que venceram o Borussia Dortmund em Maio na final da UEFA Champions League e a equipa da casa entrou muito bem. Robben marcou o primeiro golo da nova época da Bundesliga aos 12 minutos, com uma bela conclusão após um bom trabalho de Franck Ribéry. Os dois atacantes voltaram a combinar três minutos depois. O guarda-redes Marc-André ter Stegen defendeu o remate do francês, mas Mandžukić foi oportuno e marcou na recarga.

O Bayern rematou por duas vezes à trave, um desacerto que teve novos capítulos quando Dante fez um autogolo, e Müller permitiu que Ter Stegen defendesse uma grande penalidade. Incrivelmente Domínguez, que motivou o primeiro castigo máximo ao jogar a bola com a mão, cometeu nova grande penalidade por uma falta idêntica. Alaba foi encarregue da cobrança da falta e não falhou.

Topo