Heynckes anuncia pausa no adeus ao Bayern

Jupp Heynckes brincou com os jornalistas na conferência de imprensa em que anunciou a despedida do Bayern de Munique, informando ainda que não vai voltar a treinar no imediato.

Jupp Heynckes na conferência de imprensa de despedida
Jupp Heynckes na conferência de imprensa de despedida ©Getty Images

Jupp Heynckes divertiu-se a manter os jornalistas na expectativa na conferência de imprensa de adeus ao FC Bayern München.  

Durante meia hora, o treinador de 68 anos, que deixou o Bayern após liderar a equipa na conquista de um inédito "triplete", com vitórias na UEFA Champions League, Bundesliga e Taça da Alemanha esta temporada, reflectiu sobre uma carreira longa e bem-sucedida numa sala de imprensa repleta de jornalistas do Fußball Arena München. Em nenhum momento o técnico revelou quais os seus planos para o futuro.

Com a inquietação a crescer entre os jornalistas, sabedores que o Real Madrid CF – um potencial destino de Heynckes – daria uma conferência de imprensa às 13h00, o treinador respirou fundo, olhou em volta e disse: "No último Verão, após a derrota na final da UEFA Champions League, combinei com a minha esposa que cumpriria o contrato com o Bayern até ao fim, mas que faria uma pausa depois disso."   

"Não tive férias antes desta temporada e tomei consciência nas últimas semanas que, atingida uma certa idade, a recuperação torna-se mais longa. Sinto-me como se tivesse atingido o meu limite, mesmo que possa não parecer."   

"Alguns clubes mostraram interesse em contratar-me – clubes ricos, clubes onde o dinheiro não é problema, clubes que dão grandes oportunidades e, entre eles, havia um clube que tem a mesma aura que o Bayern, com um percurso internacional semelhante mas sem o esperado sucesso. Após uma época como esta, dura, era difícil imaginar-me a tomar conta de outro clube."

Se havia alguém à espera de ouvir uma palavra final sobre o seu futuro ficou desapontado, pois Heynckes apenas deixou aberta uma pequena porta para um regresso ao futebol: "Não me comprometo com ninguém para o início da próxima época na Alemanha ou no estrangeiro. Vou descansar, tentar recuperar e depois, talvez, olhar para trás e desfrutar da alegria do que a minha equipa conquistou nas últimas semanas."

Quando questionado sobre o que mais anseia, um Heynckes visivelmente tranquilo respondeu: "Estamos todos a precisar de férias. Anseio pelas coisas normais da vida: os meus passatempos, a minha família, a minha mulher, ir ao cinema, ao restaurante ou a um concerto."  

No entanto, Heynckes não seria Heynckes sem voltar a falar de futebol: "Estou confiante de que o Bayern terá o mesmo sucesso com o Pep Guardiola que teve comigo. Nunca houve uma equipa tão solidária como esta. Deixo uma equipa de classe mundial, talvez a melhor equipa do mundo, e sinto-me orgulhoso por isso." 

Topo