Široki Brijeg bate Željezničar e vence Taça da Bósnia

O Široki Brijeg vingou a derrota da época passada e bateu o campeão Željezničar no desempate na final da Taça da Bósnia de 2013, impedindo a equipa de Amar Osim de fazer a "dobradinha".

©Fedja Krvavac

No ano passado, o NK Široki Brijeg não conseguiu evitar o triunfo do FK Željezničar na final da Taça da Bósnia e Herzegovina, mas 12 meses depois impôs-se por 5-4 no desempate frente ao vencedor do campeonato.

Tal como tinha acontecido na primeira mão em Sarajevo, o segundo jogo terminou com 1-1 no marcador, com Šaban Pehilj a forçar o desempate nos minutos finais, depois de Wagner ter dado vantagem ao Široki Brijeg, que jogou em casa.

Luka Bilobrk efectuou a defesa decisiva no desempate, ao negar o golo a Muamer Svraka, e permitiu à equipa de Slaven Musa conquistar pela segunda vez o troféu. Este triunfo do Široki Brijeg impediu o Željezničar de fazer a “dobradinha”, isto depois do clube da capital ter renovado o título de campeão no último fim-de-semana, com duas jornadas ainda por disputar.

"Conseguimos um grande triunfo", explicou Musa, cuja equipa ocupa no sexto lugar da primeira divisão da Bósnia e Herzegovina. "As coisas não correram bem no campeonato, por isso centrámos as nossas energias no triunfo nesta competição. Não foi fácil, pois na final tivemos de defrontar a melhor equipa da Liga".

O treinador do Željezničar, Amar Osim, comentou: "Foi um jogo difícil, as duas equipas conhecem-se muito bem. Fomos batidos por uma equipa bem organizada e que está há vários anos no topo do futebol bósnio. Estão de parabéns pela conquista da Taça".

Topo