Bayern sagra-se campeão em tempo recorde

O Bayern garantiu o 23º título mais cedo do que qualquer outra equipa na história da Bundesliga ao vencer em Frankfurt por 1-0 e tornou infrutífera a reviravolta do Dortmund.

Bastian Schweinsteiger festeja com Philipp Lahm (esquerda) e Arjen Robben
Bastian Schweinsteiger festeja com Philipp Lahm (esquerda) e Arjen Robben ©Getty Images

O FC Bayern München sagrou-se campeão da Bundesliga ao vencer fora o Eintracht Frankfurt e apesar do Borussia Dortmund ter operado a reviravolta no triunfo sobre o FC Augsburg.

O 23º título chega apenas com 28 jornadas decorridas, a seis do final, recorde no campeonato, registo que bate o próprio máximo estabelecido pelo Bayern em 1973 e 2003, em 30 jogos, quanto a conquistar mais cedo o ceptro.

David Alaba falhou uma grande penalidade aos 27 minutos e Xherdan Shaqiri rematou ao poste numa primeira parte sem golos. Contudo, o marcador não demorou muito a mexer no segundo tempo quando, pouco depois do intervalo, Bastian Schweinsteiger, de calcanhar, deu a melhor seguimento ao cruzamento de Phillip Lahm.

Acabou por ser o único tento do encontro, mas revelou-se decisivo e significou que o conjunto de Jupp Heynckes bateu outro recorde na Bundesliga ao amealhar 40 pontos fora, mais três do que o conseguido pelo Dortmund na temporada passada.

No final do encontro, Lahm afirmou: "Estamos felizes por termos finalmente garantido o campeonato, pois andávamos a falar sobre isso há algum tempo. Viemos hoje aqui e queríamos ganhar o jogo."

Por sinal, o Dortmund derrotou o Augsburgo ajudado pelo bis de Julian Schieber, isto depois da formação de Markus Weinzierl ter apontado dois tentos no espaço de outros tantos minutos perto do intervalo. Neven Subotić marcou o terceiro antes de Robert Lewandowski marcar pela décima partida consecutiva.

Nas outras partidas de sábado, o FC Schalke 04 ficou a quatro pontos do Bayer 04 Leverkusen, terceiro classificado, após ganhar fora ao SV Werder Bremen, ao passo que o adversário na luta pela qualificação directa para a próxima UEFA Champions League empatou 1-1, em casa, diante do VfB Wolfsburg.

De resto, o Borussia Mönchengladbach segue logo atrás graças ao triunfo sobre o SpVgg Greuther Fürth, reduzido a dez jogadores desde meio da segunda parte e cada vez mais na cauda da tabela.

Topo