Thorsteinsson reeleito na Islândia

Geir Thorsteinsson foi reeleito para um quarto mandato de dois anos à frente da Federação Islandesa de Futebol e está muito satisfeito com os continuados progressos do seu organismo.

O presidente da Federação Islandesa de Futebol (KSÍ), Geir Thorsteinsson
O presidente da Federação Islandesa de Futebol (KSÍ), Geir Thorsteinsson ©UEFA.com

O presidente da Federação Islandesa de Futebol (KSÍ), Geir Thorsteinsson, foi eleito para um quarto mandato de dois anos, após ter sido o único candidato a apresentar-se no escrutínio que decorreu durante o 67º Congresso Anual daquele organismo, em Reiquejavique.

Thorsteinsson mostrou perspectivas positivas sobre as selecções nacionais da Islândia. "Sente-se uma brisa fresca na selecção masculina sob as ordens de Lars Lagerbäck, que está a construir uma equipa nova, com vários jovens promissores", disse. "A selecção feminina está a evoluir bem e estará presente, em Julho, no UEFA Women's EURO 2013, na Suécia. As jogadoras são muito experientes – muitas delas participaram na fase final de 2009 e merecem um grande reconhecimento pelo seu sucesso. O seleccionador Sigurdur Ragnar Eyjólfsson e a sua equipa técnica voltaram a fazer um grande trabalho."

Thorsteinsson também elogiou o brilhante trabalho levado a cabo no futebol jovem e de "raízes", incluindo importantes desenvolvimentos nas infra-estruturas realizados com o apoio da UEFA. A KSÍ também também ganhou o prémio para a Melhor Activação de Patrocínio pela campanha das suas Ligas masculina e feminina nos recentes Prémios KISS de marketing da UEFA.

O presidente prometeu ainda a concentração da federação em proteger o futebol de elementos como a viciação de resultados. "Devemos sempre trabalhar em conjunto, colocar os nossos esforços em conjunto e unirmo-nos em benefício do futebol", disse. Thorsteinsson também salientou o sentido de responsabilidade social da federação, assinalando que a KSÍ decidiu recentemente dedicar os próximos dois anos a uma campanha de solidariedade contra o "bullying" e outros maus-tratos psicológicos.

Topo