O "site" oficial do futebol europeu

Fischer fiel à tradição dinamarquesa no Ajax

Publicado: terça-feira, 22 de Janeiro de 2013, 14.30CET
Após adaptação perfeita ao Ajax, Viktor Fischer, de 18 anos, é já comparado a Michael Laudrup e o treinador Frank de Boer classifica o dinamarquês como um "enorme talento".
por Berend Scholten
Fischer fiel à tradição dinamarquesa no Ajax
Viktor Fischer tem desfrutado de uma época de estreia fantástica na equipa principal do Ajax ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Stéphanie Frappart arbitra Supertaça Europeia da UEFA
  • Árbitras italianas convidadas para o jogo da Supertaça Europeia
  • Declaração conjunta da FIFA, AFC, UEFA, Bundesliga, LaLiga, Premier League e Lega Serie A sobre as actividades da beoutQ na Arábia Saudita
  • KV Mechelen substituído na UEFA Europa League 2019/20
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
1 de 10
Publicado: terça-feira, 22 de Janeiro de 2013, 14.30CET

Fischer fiel à tradição dinamarquesa no Ajax

Após adaptação perfeita ao Ajax, Viktor Fischer, de 18 anos, é já comparado a Michael Laudrup e o treinador Frank de Boer classifica o dinamarquês como um "enorme talento".

Sempre com abundância de jovens talentos, o AFC Ajax parece ter descoberto mais um, no caso Viktor Fischer, internacional dinamarquês de 18 anos.

O versátil avançado bisou no triunfo sobre o Feyenoord, este domingo, naquela que se está a revelar uma época de estreia vistosa na equipa principal. "Antes deste jogo tinha um bom pressentimento, mas agora sinto-me fantástico", disse, antes de falar sobre o excelente golo que marcou. "Quando recebo a bola, ajo espontaneamente e faço o que acho ser o correcto. Apesar de ter ajudado a decidir o jogo, podia ter feito melhor, pois perdi a bola muitas vezes."

Apesar da autocrítica sincera e de estabelecer padrões de qualidade elevados, Fischer recebeu bastantes elogios. O treinador do Ajax, Frank de Boer, destacou a postura do jovem no segundo golo que marcou. "Mostra o porquê de termos apostado nele, que é pelo facto de ser um enorme talento", disse o antigo internacional holandês. "Quando se consegue manter a calma numa situação do género, sob tanta pressão, isso mostra que se tem a qualidade necessária para vingar no futebol."

Para além disso, basta recordar os nomes de Søren Lerby, Frank Arnesen, Jesper Olsen e Michael Laudrup para se perceber que existe uma boa tradição dinamarquesa no emblema de Amesterdão. O compatriota Kenneth Perez, antigo jogador do Ajax, espera muito de Fischer.

"Ele tem potencial para, no futuro, ser um dos três melhores jogadores do Mundo", disse Perez. "Possui inteligência e personalidade, para além de combinar qualidades técnicas e mentais. Foi isso que vimos no primeiro golo frente ao Feyenoord, em que teve um momento 'à Laudrup'."

Última actualização: 23-01-13 10.20CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=1913251.html#fischer+fiel+tradicao+dinamarquesa+ajax