O "site" oficial do futebol europeu

Candidatos olímpicos a postos

Publicado: Segunda-feira, 23 de Julho de 2012, 11.15CET
Três semanas após o UEFA EURO 2012, o futebol internacional está de regresso com o torneio olímpico, onde merece destaque o sonho dos britânicos e o favoritismo de Espanha e do Brasil.
por Wayne Harrison
de Londres
Candidatos olímpicos a postos
Ryan Giggs (Great Britain) & Hulk (Brazil) ©Getty Images

Especiais UEFA.com

Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • Sistema de distribuição das receitas das competições de clubes da UEFA de 2019/20
  • KV Mechelen substituído na UEFA Europa League 2019/20
  • UEFA comprometida com o futebol feminino
  • UEFA lança plataforma digital OTT em sinal aberto
  • Sarri confirmado na Juventus: conheça-o melhor
  • Fase Final da UEFA Nations League: Equipa do Torneio
  • Equipa da Semana na Europa League
  • Grandes recuperações na UEFA Champions League
  • Foto: Gerrard e os heróis do Liverpool em Istambul
  • Equipa da Semana da Europa League
1 de 10
Publicado: Segunda-feira, 23 de Julho de 2012, 11.15CET

Candidatos olímpicos a postos

Três semanas após o UEFA EURO 2012, o futebol internacional está de regresso com o torneio olímpico, onde merece destaque o sonho dos britânicos e o favoritismo de Espanha e do Brasil.

Um pouco mais de três semanas depois de conquistar a Taça Henri Delaunay, em Kiev, a Espanha, que vai contar com três vencedores do UEFA EURO 2012, começa a campanha pelo ouro olímpico na quinta-feira.

Se levarmos em linha de conta tudo o que os espanhóis conquistaram, nos últimos quatro anos, dois títulos Europeus, Campeonato do Mundo na África do Sul, Campeonato da Europa de Sub-21 de 2011 e diversos títulos continentais nos escalões jovens, custa a acreditar que esta será a primeira participação olímpica desde 2000, quando Xavi Hernández e Carles Puyol ajudaram Espanha a conquistar a prata em Sidney.
Xavi não vai estar em campo, mas a equipa treinada por Luis Milla vai contar com dois jogadores que participaram, e marcaram, na fase final do último Europeu: Jordi Alba e Juan Mata. Javi Martínez, que é um dos três representantes do Athletic Club, finalista da UEFA Europa League, é o terceiro campeão europeu na selecção espanhola.

A Espanha, que ficou colocada no Grupo D com o Japão, Honduras e Marrocos, vai ter como companheiros europeus nesta competição de Sub-23 a Suíça, a equipa que bateu na final de sub-21 de 2011, a estreante Bielorrússia e a anfitriã Grã-Bretanha, que vai apresentar uma equipa na competição olímpica de futebol pela primeira vez em 52 anos.

A Grã-Bretanha, que vai ser orientada por Stuart Pearce, o seleccionador de Sub-21 de Inglaterra, vai medir forças com o Senegal na estreia no Grupo A, em Old Trafford, antes de defrontar os Emirados Árabes Unidos, em Wembley, e o Uruguai, em Cardiff. Os sul-americanos contam no ataque com Luis Suárez, do Liverpool FC, e Edinson Cavani, do SSC Napoli, dois dos três jogadores que podem ser inscritos com idade superior aos 23 anos.

Pearce convocou Ryan Giggs e permitiu que o médio de 38 anos do Manchester United FC conseguisse algo que nunca atingiu ao longo dos 16 anos em que representou o País de Gales, participar numa grande competição internacional.

Se a Espanha é considerada favorita a repetir a conquista do ouro conseguida em 1992, em Barcelona, a maior oposição deverá vir do Brasil, que ficou no Grupo C, com a Bielorrússia, Egipto e Nova Zelândia.

O ouro olímpico é único título importante que falta à "canarinha" e este evento vai ser a única competição oficial que o Brasil vai disputar antes de organizar o Campeonato do Mundo de 2014, pelo que os Jogos de Londres têm uma enorme importância para os sul-americanos.

O defesa Thiago Silva, do AC Milan, é aos 27 anos o jogador mais velho de uma equipa com grande potencial e que conta com diversos jogadores importantes que ainda alinham no seu país como Neymar, Leandro Damião e Óscar, que marcou um "hat-trick" a Portugal na final do Campeonato do Mundo de Sub-20 de 2011, e que são acompanhados por jogadores com grande experiência na Europa como Hulk, Marcelo e Pato.

A Suíça confia no talento de Admir Mehmedi, o avançado do FC Dynamo Kyiv que há 13 meses marcou três golos na caminhada da equipa até à final do Europeu de Sub-21 disputado na Dinamarca. Num grupo que parece bastante equilibrado, Suíça, Gabão e Coreia do Sul vão medir forças com o México, que conta com o promissor Marco Fabián, que marcou sete golos no recente triunfo no Torneio de Toulon.

Torneio Olímpico de Futebol Masculino
Grupo A: Grã-Bretanha, Senegal, Emirados Árabes Unidos, Uruguai

Grupo B: México, Coreia do Sul, Gabão, Suíça

Grupo C: Brasil, Egipto, Bielorrússia, Nova Zelândia

Grupo D: Espanha, Japão, Honduras, Marrocos

Os dois primeiros de cada grupo passam aos quartos-de-final. O torneio vai decorrer de 26 de Julho a 11 de Agosto, com jogos em Coventry, Cardiff, Glasgow, Londres, Manchester e Newcastle.

Última actualização: 30-11-12 20.20CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores

http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=1841108.html#candidatos+olimpicos+postos