Shakhtar volta a conquistar "dobradinha"

Campeão e vencedor da Taça em 2010/11, o Shakhtar Donetsk repetiu a dose esta temporada, depois de vencer, por 3-0, o Olexandriya na derradeira jornada da Premier League.

Yevhen Seleznyov festeja o golo marcado ao Olexandriya
Yevhen Seleznyov festeja o golo marcado ao Olexandriya ©FC Shakhtar Donetsk

O FC Shakhtar Donetsk sagrou-se campeão da Ucrânia pela terceira época consecutiva, depois de bater, por 3-0, o já despromovido PFC Olexandriya.

Os "mineiros" festejam o sétimo título na Premier League – todos conquistados nas últimas 11 temporadas – o que os deixa a seis do princiipal rival, o FC Dynamo Kyiv, que empatou a um golo ante o SC Tavriya Simferopol na derradeira jornada da prova, ficando assim no segundo posto, a quatro pontos do líder.

Com este triunfo, o Shakhtar voltou a conquistar a "dobradinha" esta temporada, na sequência da vitória de domingo, após prolongamento, na final da Taça da Ucrânia sobre o FC Metalurh Donetsk.

A precisar de ganhar para estar a coberto de qualquer surpresa de ultima hora por parte do Dínamo, os comandados de Mircea Lucescu asseguraram a nona vitória consecutiva no campeonato, que nunca este em dúvida logo que Willian inaugurou o marcador aos 15 minutos. Henrik Mkhitaryan (28) aumentou a vantagem de cabeça e seria dele a assistência para Yevhen Seleznyov fazer o resultado final 11 minutos depois do intervalo.

O tento de Seleznyov foi o seu 14º no campeonato e fez dele o melhor marcador da prova, juntamente com Maicon, que, de grande penalidade, marcou no 2-2 com que o FC Volyn Lutsk empatou ante o FC Zorya Luhansk. Seleznyov, que é um dos 26 jogadores da lista provisória da Ucrânia para o UEFA EURO 2012, já havia sido o líder dos melhores finalizadores na época passada, ao somar 17 golos ao serviço do FC Dnipro Dnipropetrovsk.

"Estou feliz por termos vencido o campeonato e a taça outra vez", disse Lucescu, que, depois de conquistar seis títulos nacionais e quatro taças desde que pegou no clube em 2004, tirou ao lendário Valeriy Lobanovskiy o título de mais laureado treinador do futebol ucraniano.

"Quero agradecer aos meus jogadores por tudo o que fizeram, em particular por aceitarem os meus princípos de rotatividade do plantel. Hoje tentei dar tempo de jogo àqueles que em breve vão integrar as suas selecções nacionais".

Topo