Irmãos Yakin ajudam Lucerna a renascer

Os irmãos Murat e Hakan Yakin voltaram a trabalhar juntos durante apenas seis meses, mas foi suficiente para recolocar o Lucerna na luta pelo título suíço.

Hakan Yakin não conseguiu recusar o convite do Bellinzona
Hakan Yakin não conseguiu recusar o convite do Bellinzona ©Getty Images

Os irmãos Yakin causaram sensação entre 2001 e 2003. Ajudaram o FC Basel 1893 a conquistar o primeiro título suíço em mais de 20 anos e contribuíram para a inesquecível participação na UEFA Champions League de 2002/03, quando a equipa de Christian Gross atingiu a segunda fase de grupos e só falhou a passagem devido ao saldo de golos.

Nessa altura Hakan era o organizador de jogo, enquanto Murat brilhava no eixo da defesa, subindo por vezes ao meio-campo para ajudar o irmão a lançar ataques. Inevitavelmente a parceria chegou ao fim, com Hakan a sair para o VfB Stuttgart em 2004, passando pelo BSC Young Boys antes de chegar ao FC Luzern. O irmão pendurou as botas dois anos depois, para iniciar uma carreira de treinador.

Os irmãos sempre disseram que os seus caminhos se voltariam a cruzar. "Seria um sonho voltarmos a trabalhar juntos", afirmou Hakan. A dupla voltou a reunir-se quando o presidente do Lucerna, Walter Stierli, contratou Murat para substituir Rolf Fringer no cargo de treinador, com Murat a viver a experiência inédita de orientar o irmão.

Com o novo treinador e um novo estádio, o clube subiu até ao segundo lugar da classificação. "Nunca duvidei que iria resultar", garantiu Murat. A parceria não durou muito, pois Hakan deixou o clube em Janeiro para aceitar o convite do AC Bellinzona, da segunda divisão, que convidou o jogador de 34 anos a ficar a trabalhar como promotor do novo estádio depois de terminar a carreira. Foi uma decisão muito difícil de tomar, mas Hakan explicou: "Foi uma oferta sensacional que não podia recusar".

O objectivo do Lucerna é voltar a afirmar-se como um dos principais protagonistas do futebol suíço e melhorar o resultado da época passada, quando lutou pelo título e chegou à pausa de Inverno no primeiro lugar, mas sofreu depois uma grande quebra de rendimento e acabou por terminar num frustrante sexto lugar. Este ano jogadores como os antigos internacionais suíços Daniel Gygax, Adrian Winter e Nelson Ferreira permitem ao clube sonhar com um bom resultado, mas Murat tem a difícil tarefa de encontrar um substituto adequado para o seu irmão.

Topo