KR é campeão da Islândia

O KR Reykjavík sagrou-se pela 25ª vez campeão da Islândia, com o capitão Bjarni Gudjónsson a afirmar "não consigo explicar aquilo que sinto" e o treinador Rúnar Kristinsson a mostrar um enorme orgulho.

Os jogadores do KR Reykjavík comemoram a conquista do título islandês
Os jogadores do KR Reykjavík comemoram a conquista do título islandês ©KR Reykjavík

O KR Reykjavík sagrou-se pela 25ª vez campeão da Islândia, depois de bater o Fykir, por 3-2, no domingo.

O triunfo permitiu que o KR, que já tinha conquistado a Taça da Islândia em meados de Agosto, mantivesse a vantagem de cinco pontos sobre o FH Hafnarfjördur na liderança, numa altura em que só falta uma jornada para o fim do campeonato. "É um grande momento para mim e é excelente conquistar este título", afirmou Runar Kristinsson, o antigo jogador do KR que conduziu o clube ao título na sua primeira época completa como treinador.

"Estou muito orgulhoso, especialmente dos meus jogadores, da Direcção e de todos os que trabalham no clube. Toda a gente trabalhou muito em conjunto. Temos uma equipa que dá sempre o máximo e que conta com o apoio de uma excelente Direcção".

Estas condições permitiram que o KR totalizasse 13 vitórias, sete empates e apenas uma derrota no campeonato. "Esta equipa tem jogado muito bem nos últimos anos e sempre acreditei que poderíamos conquistar títulos ", acrescentou Kristinsson.

"Não pensei na 'dobradinha', mas jogámos para vencer ambas as provas. Apontámos aos quatro primeiros lugares, mas, apesar da concorrência de clubes como o Hafnarfjördur, o IBV e o Valur Reykjavík, sempre acreditamos que podíamos ser campeões".

O capitão Bjarni Gudjónsson, que abriu caminho para o triunfo do KR no domingo, afirmou: "Não consigo explicar aquilo que sinto neste momento. Lentamente fomos ficando mais perto do título e agora já é nosso".

O FH está em vantagem na luta pelo segundo lugar, pois tem mais um ponto que o VBI, com as equipas a terem de defrontar na última ronda o Fykir e o Grindavík, respectivamente. O Víkingur Reykjavík já está condenado à despromoção à segunda divisão, com outras quatro equipas a lutarem na última jornada para não lhe fazerem companhia.

Topo