Briffa eleito o melhor do ano em Malta

Quando se prepara para voltar à acção na UEFA Champions League, o médio Roderick Briffa, do Valletta, disse que o facto de ter sido eleito futebolista do ano em Malta não o vai afectar.

Roderick Briffa (à direita) recebe o troféu relativo ao jogador do ano em Malta do presidente da MFA, Norman Darmanin Demajo
Roderick Briffa (à direita) recebe o troféu relativo ao jogador do ano em Malta do presidente da MFA, Norman Darmanin Demajo ©Domenic Aquilina

O médio Roderick Briffa, do Valletta FC, afirmou que não vai ser complacente depois de ter sido eleito futebolista do ano de Malta em 2010/11.

Após receber o prémio individual numa cerimónia organizada pela Federação Maltesa de Futebol (MFA), o jogador de 29 anos agradeceu aos seus companheiros de equipa e expressou determinação em continuar a melhorar. "Estou muito satisfeito por esta honra", disse Briffa ao UEFA.com. "Dedico-a a todos no Valletta FC e á minha família. Coroa uma época fantástica não apenas para mim, mas também para o Valletta FC. Ainda só tenho 29 anos e não pretendo descansar à sombra dos louros. Vou continuar a apontar alto."

Tendo desempenhado um papel importante no título ganho pelo Valletta na temporada transacta, o médio internacional maltês está ansioso por disputar a segunda mão da primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League, na quarta-feira, frente ao SP Tre Fiori, de San Marino, numa altura em que a sua equipa lidera o duelo por 3-0.

"Todos conhecem a UEFA Champions League. Trata-se de uma competição única e estamos ansiosos por selar o nosso lugar na pré-eliminatória seguinte", acrescentou Briffa."

A recompensa para passar à ronda seguinte será o confronto com o FK Ekranas, campeão da Lituânia, a 12/13 de Julho.

Topo