Rudar revalida Taça montenegrina

O Rudar conquistou a Taça do Montenegro ao bater o Mogren, líder do campeonato, por 5-4 no desempate por penalties da final disputada em Podgorica.

Veselin Bojić, capitão do Rudar, ergue a Taça do Montenegro
Veselin Bojić, capitão do Rudar, ergue a Taça do Montenegro ©Vijesti

O FK Rudar Pljevlja venceu por 5-4 nos penalties o FK Mogren, líder do campeonato, depois do empate 2-2 registado na final da Taça do Montenegro, realizada em Podgorica, conquistando o troféu pela segunda vez seguida e terceira no total.

Empatado 1-1 nos 90 minutos e 2-2 no final do prolongamento, o Rudar converteu os cinco penalties, enquanto a quarta tentativa do Mogren, de Igor Matić, saiu por cima da barra. "Marcámos por duas vezes, acertámos nos ferros em três ocasiões e, ainda assim, perdemos, mas isto é futebol", lamentou o treinador do Mogren, Branislav Milačić. "Ganhou a equipa com mais sorte."

"Fizemos um enorme esforço para bater um adversário forte", disse o técnico do Rudar, Nebojša Vignjević. "Estávamos numa situação muito má aos 15 minutos, mas os jogadores mostraram carácter. Tivemos alguma sorte no final, mas merecemo-la."

O Rudar tem o terceiro lugar assegurado no campeonato, ao passo que o Mogren está em igualdade pontual com o FK Budućnost Podgorica no topo da classificação, isto quando falta disputar apenas uma jornada, agendada para sábado. Uma vitória frente ao FK Mornar Bar permitirá ao Rudar conquistar o seu segundo título.

Topo