Título à vista para Shakhtar e Milan

Basta o empate ante o Dínamo Kiev para o Shakhtar conquistar o sexto título de campeão da Ucrânia, enquanto em Itália o Milan também pode festejar já este fim-de-semana.

Mircea Lucescu poderá levar o Shakhtar à conquista do sexto título de campeão da Ucrânia
Mircea Lucescu poderá levar o Shakhtar à conquista do sexto título de campeão da Ucrânia ©AFP

O UEFA.com apresenta-lhe os principais jogos do fim-de-semana nas Ligas europeias, com Ucrânia e Itália a poderem ficar a conhecer os respectivos campeões.

Ucrânia: FC Dynamo Kyiv - FC Shakhtar Donetsk (Domingo, 15h30)
O Shakhtar garante a conquista do seu sexto título de campeão ucraniano se conseguir somar pelo menos um ponto frente ao principal rival. Contudo, o Dínamo espera que as celebrações sejam outras. "Jogos entre o Dínamo e o Shakthar são sempre especiais, por isso estamos a preparar-nos adequadamente", salientou o técnico da formação de Kiev, Yuri Semin. "O Shakhtar quer festejar a conquista do título no nosso estádio, mas isso para nós não é relevante; queremos simplesmente vencer e dar esse contentamento aos nossos adeptos." Do lado dos visitantes, o defesa Răzvan Raţ acrescentou: "Precisamos de apresentar o nosso melhor futebol, como fizemos esta temporada nos palcos internacionais. Se o fizermos, ninguém na Ucrânia nos consegue igualar."

Itália: AC Milan - Bologna FC (Domingo, 14h00)
Tal como sucedeu em 1979, o AC Milan poderá sagrar-se campeão italiano se ganhar ao em casa ao Bolonha. Com oito pontos de avanço sobre o FC Internazionale Milano, segundo classificado, os "rossoneri" garantem a conquista do seu primeiro título da Serie A em sete anos caso vençam e o Inter não consiga ganhar no sábado ao AC Cesena, equipa que se encontra na luta pela manutenção. A formação orientada por Massimiliano Allegri, contudo, não vai poder contar com os castigados Zlatan Ibrahimović e Mark van Bommel, enquanto Pato (coxa) e Alessandro Nesta (joelho direito) estão em dúvida. "Não importam os resultados alcançados pelos nossos rivais directos; com quatro pontos nos últimos quatro jogos seremos campeões", referiu o treinador de 43 anos. "Temos alguns jogadores de fora, mas vamos tentar somar os pontos de que necessitamos."

Inglaterra: Arsenal FC - Manchester United FC (Domingo, 15h05)
As hipóteses dos "gunners", terceiros da classificação, chegarem ao título tornaram-se praticamente nulas com a derrota por 2-1 no terreno do Bolton Wanderers FC, no fim-de-semana passado, mas o treinador Arsène Wenger vai procurar que a sua equipa entre em campo com espírito positivo quando receber o United, cuja posição no topo da tabela talvez não seja tão invulnerável como parece. "Sinto que estamos melhor e temos oportunidade de mostrar isso no domingo", afirmou Wenger. Com seis pontos de avanço sobre o mais directo perseguidor, a quatro jornadas do fim, os semifinalistas da UEFA Champions League têm ainda de receber o Chelsea FC, precisamente o segundo classificado, no próximo fim-de-semana; duas vitórias dos "blues" e duas derrotas dos Red Devils nestas duas próximas jornadas deixariam as duas equipas igualadas, com dois jogos por disputar.

Alemanha: FC Bayern München - FC Schalke 04 (Sábado, 17h30)
O United superiorizou-se claramente o Schalke na terça-feira, mas a brilhante actuação de Manuel Neuer na primeira parte desse encontro, que terminou com a derrota da formação germânica por 2-0, encantou a Alemanha. O presidente honorário do Bayern, Franz Beckenbauer, em jeito de brincadeira, disse ao guarda-redes para "por favor, não repetir tamanha exibição no sábado", numa partida em que o campeão da temporada passada procurará manter-se na corrida pelo terceiro lugar, o último de acesso à próxima UEFA Champions League. "Não estamos no lugar que devíamos estar", admitiu o extremo Arjen Robben. "Precisamos de vencer os três jogos que faltam para nos qualificarmos para a Champions League. É essa, agora, a nossa maior motivação".

Horas de Portugal Continental

Topo