Real Madrid vence Taça com golo de Ronaldo

O Real Madrid conquistou a sua 18ª Taça de Espanha, ao bater após prolongamento o Barcelona, por 1-0, na final disputada no Mestalla. Cristiano Ronaldo marcou o golo decisivo.

O Real Madrid comemora a conquista da Taça de Espanha
O Real Madrid comemora a conquista da Taça de Espanha ©Getty Images

O Real Madrid CF conquistou a sua 18ª Taça de Espanha, ao bater após prolongamento o FC Barcelona, por 1-0, na final disputada no Estádio Mestalla, em Valência. Cristiano Ronaldo marcou o golo decisivo.

Depois do 1-1 registado no passado fim-de-semana, em partida referente à Liga espanhola e naquele que foi o primeiro de quatro confrontos entre os dois gigantes espanhóis, o Real foi mais feliz e acabou por quebrar a invencibilidade frente aos catalães, que já durava desde 2008. Com Ricardo Carvalho, Pepe e Cristiano Ronaldo a titulares, a formação de José Mourinho teve oportunidades de sobra para ir para o intervalo em vantagem.

Ronaldo, por duas vezes, e Mesut Özil não conseguiram acertar com o alvo, mas foi Pepe, esta noite mais uma vez utilizado a trinco, quem ficou mais perto do 1-0 aos 44 minutos. Özil combinou bem com Ronaldo, antes de cruzar para a área do Barça, onde apareceu Pepe a antecipar-se a Daniel Alves e a cabecear com estrondo ao poste. Completamente anulado, o Barça podia dar-se por satisfeito com o nulo.

No entanto, a etapa complementar foi completamente diferente, com o Barcelona a assumir o comando das operações e a iniciar o assalto ao último reduto do Real Madrid. Pedro Rodríguez viu um golo ser-lhe anulado por fora-de-jogo, antes de Iker Casillas salvar a sua equipa com uma defesa providencial em resposta a um remate do mesmo Pedro. O guardião "merengue" brilhou ainda mais pouco depois quando negou o golo a Andrés Iniesta, mas Angel Di María também viu Pinto impedir aquele que seria o tento da vitória do Real.

Chegados ao prolongamento, coube a Ronaldo a primeira grande oportundidade para marcar, mas o remate do internacional português saiu a rasar o poste, decorria o minuto 98. O aviso não acordou o Barça, com Ronaldo a não perdoar à segunda e a colocar o Real na frente do marcador, correspondendo de cabeça a um cruzamento de Di María, aos 102 minutos. Conseguido o mais difícil, o clube da capital aguentou firme até ao apito final e fez a festa.

Na segunda meia-final da Taça de Itália, o primeiro golo de Urby Emanuelson pelo AC Milan valeu ao conjunto "rossoneri" um empate 2-2 na primeira mão do embate ante o US Città di Palermo, em San Siro. Após Javier Pastore (14) ter anulado o tento de Zlatan Ibrahimović logo aos quatro minutos, a equipa siciliana operou mesmo a reviravolta no marcador aos 53 minutos, através de Abel Hernández. A segunda mão realiza-se a 10 de Maio.

Entretanto, o Paris Saint-Germain FC está a um jogo de conquistar pela segunda vez consecutiva a Taça de França, na sequência de um triunfo por 3-1 sobre o Angers SCO, da Ligue 2. Mathieu Bodmer (23), Nenê (51) e Guillaume Hoarau (63) marcaram para os visitantes, que vão defrontar o LOSC Lille Métropole na final a 14 de Maio − uma semana antes de medirem forças no campeonato francês.

O Legia Warszawa não sentiu problemas para garantir a presença na final da Taça da Polónia, após derrotar o rival da Ekstraklasa, o KS Lechia Gdańsk, por 4-0, selando um apuramento total de 5-0. O Legia vai medir forças com o KKS Lech Poznań na final que está agendada para Maio.

Na Croácia, o líder do campeonato NK Dinamo Zagreb completou uma vitória total por 5-1 frente ao NK Slaven Belupo, fruto de um sucesso fora por 1-0. O seu adversário na final  a duas mãos do próximo mês será o NK Varaždin, que deu a volta a uma derrota por 1-0 na primeira mão com um triunfo por 3-0 no segundo jogo.

Topo