Lille e Inter em grande nas Taças

O Lille, líder da Ligue 1, atingiu a final da Taça de França depois do triunfo por 2-0 sobre o Nice, enquanto o Inter de Milão deu mais um passo para manter a Taça de Itália.

Rio Mavuba, Mathieu Debuchy e Eden Hazard festejam o apuramento do Lille para a final
Rio Mavuba, Mathieu Debuchy e Eden Hazard festejam o apuramento do Lille para a final ©AFP

O LOSC Lille Métropole, líder da Ligue 1, continua firme rumo a uma possível "dobradinha", depois da vitória por 2-0 no reduto do Nice lhe ter garantido um lugar na final da Taça de França, a 14 de Maio.

Eden Hazard combinou com Ludovic Obraniak para colocar o Lille na frente, antes do intervalo, com Gervinho a aumentar a vantagem pouco depois do recomeço, após escapar ao fora-de-jogo. "Les dogues", que não vencem um grande troféu desde a conquista, em 1955, da Taça de França, vão encontrar na final, a disputar no Stade de France, o vencedor do encontro que oporá esta quarta-feira o SCO Angers, que milita na segunda divisão, e o Paris Saint-Germain FC, detentor do troféu.

Em Itália, o FC Internazionale Milano vai entrar em San Siro com uma vantagem de um golo na segunda mão da meia-final da Taça, depois da vitória no Stadio Olimpico por 1-0 sobre a AS Roma. Dejan Stanković, que apontou o seu nono tento da temporada, bateu Doni com mais um excelente disparo de longe, pelo que os detentores do troféu - que encontraram os romanos em seis das últimas cinco finais disputadas - têm tudo a seu favor para a segunda mão, a 11 de Maio. A Roma desperdiçou a sua melhor oportunidade no minuto nove, quando Mirko Vučinić falhou de baliza aberta. O AC Milan recebe esta quinta-feira o US Città di Palermo na primeira mão da outra meia-final.

Na Eslováquia, o MŠK Žilina vai defrontar o ŠK Slovan Bratislava na final da Taça, a disputar em Maio, depois de ambas as equipas terem vencido as respectivas meias-finais. O Žilina, campeão em título, perdeu 1-0 na visita ao FC ViOn Zlaté Moravce, mas havia ganho em casa por 3-0. O Slovan venceu fora por 3-2 o FC Spartak Trnava, depois do 2-2 da primeira mão. O clube da capital vai ter agora a oportunidade de manter o troféu que venceu em 2010 pela quarta ocasião.

Topo