"El Clásico" dá empate, Messi e Ronaldo marcam

Um penalty de Cristiano Ronaldo ajudou um Real Madrid reduzido a dez jogadores a assegurar um empate (1-1) ante o líder Barcelona, que viu Messi marcar igualmente de grande penalidade. O Valência venceu.

©Getty Images

O primeiro de quatro embates entre os dois gigantes espanhóis terminou com um empate, com um Real Madrid CF reduzido a dez homens a recuperar de uma desvantagem e a salvar um ponto no Estádio Santiago Bernabéu.

O FC Barcelona parecia destinado à vitória depois de Raúl Albiol ter cometido falta sobre David Villa na área "merengue" e Lionel Messi ter convertido o correspondente penalty, mas Cristiano Ronaldo também não falhou da marca de grande penalidade aos 82 minutos, o que significa que a equipa de Josep Guardiola não conseguiu aumentar a vantagem de oito pontos que detém no topo da tabela.

O primeiro dos quatro muito aguardados "Clásicos" começou de forma deveras cautelosa, com as duas equipas algo receosas, isto antes da superior posse de bola do Barcelona começar a ditar leis. Andrés Iniesta, quase sempre no coração do jogo ofensivo do Barça, assinou um delicioso passe sobre a defesa do Real Madrid e na direcção de Messi, mas o argentino não conseguiu fazer o "chapéu" a Iker Casillas. O guarda-redes espanhol voltou a ser chamado à acção pouco depois, negando novamente o golo ao melhor marcador da Liga.

Os anfitriões, que também contaram com Pepe e Ricardo Carvalho a titulares, quase se adiantaram no marcador a fechar a primeira parte, valendo ao Barcelona o corte de Adriano em cima da linha de golo, após um cabeceamento de Ronaldo. A formação de José Mourinho iniciou melhor a etapa complementar, mas, pouco depois de Ronaldo ter acertado no poste na conversão de um livre directo, o Barça marcou mesmo. Raúl Albiol derrubou Villa na grande área, foi expulso e Messi não perdoou no penalty que se seguiu, assinando o seu 30º golo na prova. Os catalães ficaram perto do 2-0 quando um remate de Xavi Hernández roçou a barra, após uma boa iniciativa de Pedro.

O Real Madrid não atirou a toalha ao chão e logrou mesmo empatar a oito minutos dos 90, através do penalty de Ronaldo, isto depois de Marcelo ter sido rasteirado por Daniel Alves. Os "merengues" estiveram mesmo perto da vitória nos instantes finais, quando Emmanuel Adebayor assistiu Sami Khedira, mas a tentativa do médio alemão morreu nas mãos de Valdés.

O Valencia CF, com Miguel e Ricardo Costa a titulares, consolidou o terceiro lugar, na sequência de um triunfo por 3-0 sobre o cada vez mais "lanterna vermelha" UD Almería. Um bis de Julio Baptista ajudou o Málaga CF (Duda alinhou de início) a bater em casa o RCD Mallorca (Nunes foi titular) por 3-0 e a subir ao 17º posto, enquanto o golo de Miku aos 76 minutos valeu ao Getafe CF um sucesso por 1-0 ante o Sevilla FC, agora cada vez mais longe do quarto lugar.

Resultados

Classificação

Galeria de fotos

Topo