Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Olympiacos sagra-se campeão grego

O Olympiacos conquistou o seu 38º campeonato da Grécia na noite deste domingo, com a goleada por 6-0 ao AEK a garantir uma vantagem de dez pontos com apenas três jornadas por disputar.

O Olympiacos conquistou o seu 38º título grego
O Olympiacos conquistou o seu 38º título grego ©AFP

O Olympiacos FC conquistou o seu 38º campeonato da Grécia na noite deste domingo, mercê de uma goleada por 6-0 frente ao AEK Athens FC.

Com apenas três jornadas por disputar, o terceiro classificado AEK - que atingiu esta semana a final da Taça da Grécia - precisava de uma vitória para continuar a ter hipóteses de negar ao Olympiacos o seu 13º título grego em 15 anos. No entanto, a resistência dos visitantes durou apenas dois minutos, o tempo que Rafik Djebbour precisou para marcar à equipa que deixou há dois meses, a custo zero.

Cinco minutos mais tarde, Olof Mellberg aumentou a vantagem,, sendo que o terceiro golo dos anfitriões apareceu aos 20 minutos, obra de David Fuster. Djebbour (61), Kevin Mirallas (68) e José Holebas (71) selaram a goleada aplicada pela equipa de Ernesto Valverde, num desfecho que igualou a pior derrota de sempre do AEK na Liga grega, curiosamente também frente ao Olympiacos, em Fevereiro de 1981.

"A nossa exibição desta noite foi a imagem perfeita da nossa temporada," disse Valverde, que venceu o segundo campeonato grego nesta que é a sua segunda passagem pelo clube do Pireu. "Merecemos este título e o facto de o termos garantido a três jornadas do fim é a prova disso mesmo. Foi um resultado dilatado e é muito importante para nós termos conseguido um triunfo destes num derby, embora não possamos esquecer que o AEK teve um jogo muito importante a meio da semana que os cansou."

O Olympiacos regista 22 vitórias em 27 jornadas, apresentando o melhor ataque com 55 golos e a defesa menos batida, com apenas 14 tentos sofridos. Para além disso, os campeões são a única equipa na Grécia com um registo 100 por cento vitorioso nos 13 encontros que disputou perante os seus adeptos.

Topo