Torneio promove futebol jovem na Moldávia

A Federação Moldava de Futebol levou a cabo, de forma bem-sucedida, a quarta edição do Torneio Viitorul ("Torneio Futuro"), destinado a jovens jogadores provenientes de todas as regiões do país.

A equipa representante da região Este da Moldávia venceu o Torneio Viitorul, promovido pela Federação Moldava de Futebol
A equipa representante da região Este da Moldávia venceu o Torneio Viitorul, promovido pela Federação Moldava de Futebol ©Football Association of Moldova

A Federação Moldava de Futebol (FMF) levou a cabo, de forma bem-sucedida, a quarta edição do Torneio Viitorul, destinado a jovens jogadores provenientes de todas as regiões do país.

Esta mais recente edição do Torneio Viitorul (que significa "futuro") contou com a participação de jogadores nascidos em 1996 e capturou a atenção de jogadores e treinadores, atestando ser, uma vez mais, uma excelente montra para os jovens emergentes do futebol moldavo.

"Descobrimos vários jovens jogadores talentosos, dos quais alguns foram seleccionados para as academias de formação locais", destacou Ghenadie Scurtul, director-técnico da FMF. "Tivemos, igualmente, a oportunidade de debater o que necessita de ser feito a nível do futebol jovem regional e da formação de treinadores. A próxima etapa será na Primavera, quando seleccionarmos as equipas regionais que irão defrontar as melhores academias de clubes da Moldávia".

Nas meias-finais do Torneio Viitorul, a equipa representante do Norte levou a melhor sobre a turma do Oeste, vencendo por 1-0, enquanto o Sul se viu derrotado pela equipa da região Este, por 3-0. A formação de Este acabou, depois, por levar a melhor na final e erguer o troféu graças a golos de Vlad Calandaev (2) e Veaceslav Cazantev, que garantiram um triunfo por 3-1 sobre a equipa da região Norte.

No encontro de atribuição do terceiro lugar, Oeste bateu o Sul com dois golos sem resposta, apontados por Gheorghe Modvala e Mihai Motriuc.

"Este torneio ajudou a melhor as qualidades dos jovens e a desenvolver o futebol de formação a nível regional", acrescentou Scurtul. "Os treinadores tiveram oportunidade de trocar conhecimentos, ao mesmo tempo que analisámos o desenvolvimento do futebol jovem nas diferentes regiões da Moldávia".

Topo