Šimić despede-se dos relvados

Antigo defesa do Milan e do Inter, Dario Šimić, o único futebolista croata a atingir as 100 internacionalizações, anunciou a sua retirada do futebol aos 34 anos por já não se sentir capaz de actuar ao mais alto nível.

Dario Šimić alinhou 100 vezes pela selecção principal da Croácia
Dario Šimić alinhou 100 vezes pela selecção principal da Croácia ©Getty Images

Dario Šimić, o futebolista mais internacional da história da selecção da Croácia, anunciou a sua retirada do futebol, aos 34 anos.

O defesa regressou em Abril ao NK Dinamo Zagreb, proveniente do AS Monaco FC, depois de 11 anos a jogar no estrangeiro, mas afirmou agora não se sentir capaz de actuar de acordo com os padrões de exigência de uma equipa que se prepara para medir forças com o Győri ETO FC no "play-off" da UEFA Europa League, a 19 e 26 de Agosto. Šimić inscreveu-se já num curso de treinadores na Croácia e espera, assim, prosseguir a ligação ao futebol no futuro como treinador.

"Há cerca de um mês que estou a ponderar esta decisão e resolvei retirar-me", anunciou Šimić. "Sinto já não estar ao nível de que o Dínamo necessita para competir na Europa. Estou a pensar tornar-me treinador; vou começar a tirar um curso e, possivelmente, vamos voltar a ver-nos, comigo a desempenhar uma função diferente."

Produto dos escalões de formação do Dínamo, Šimić estreou-se pela equipa principal do clube em 1992, tendo disputado um total de 150 jogos e conquistado cinco títulos de campeão croata até 1999, ano em que rumou ao FC Internazionale Milano. Três anos depois mudou-se para o rival AC Milan e ajudou-o a conquistar a UEFA Champions League por duas ocasiões antes de se transferir para o Mónaco, em 2008. Esse foi, também, o ano em que anunciou a despedida da selecção croata, cuja camisola envergou precisamente em 100 jogos, com destaque para a presença no Campeonato do Mundo de 1998, no qual a Croácia terminou no terceiro posto.

Topo