Valverde regressa ao Olympiacos

Ernesto Valverde afirmou-se certo de que terá sucesso naquela que será a sua segunda passagem pelo comando do Olympiacos, onde irá substituir Ewald Lienen, despedido após a prematura eliminação europeia do clube.

Ernesto Valverde está de regresso ao comando técnico do Olympiacos
Ernesto Valverde está de regresso ao comando técnico do Olympiacos ©AFP

Ernesto Valverde está de regresso ao Olympiacos FC, para uma segunda passagem pelo comando técnico do clube, pelo qual assinou um contrato válido por duas temporadas, sucedendo assim a Ewald Lienen.

Lienen viu-se afastado do cargo na sexta-feira, no seguimento da surpreendente eliminação da formação grega às mãos do Maccabi Tel-Aviv FC, na terceira pré-eliminatória da UEFA Europa League. A tarefa da reabilitação do clube recai, agora, sobre Valverde, apresentado esta terça-feira como o novo treinador principal, apenas uma temporada depois de ter deixado o posto.

"Tinha decidido ficar em Espanha esta temporada, mas depois chegou esta proposta do Olympiacos e mudei de ideias", explicou o técnico de 46 anos. "Senti que tinha uma espécie de obrigação para com este clube, onde fui tão bem tratado na minha anterior passagem. Não podia dizer que não".

"Teremos de reconstruir a equipa, uma vez que o Olympiacos não foi além do quinto lugar na temporada passada e, esta época, já se viu afastado das competições europeias. Será necessária muita paciência e trabalho árduo. Não via ser fácil, pois eu não tenho uma varinha mágica. A responsabilidade é enorme, mas acredito que vou ser bem-sucedido".

Valverde afirmou-se como treinador ao leme das formações do Athletic Club e do RCD Espanyol, equipa que conduziu até à final da Taça UEFA em 2006/07, a qual perdeu para o Sevilla FC. Orientou o Olympiacos na bem-sucedida temporada de 2008/09, levando o clube à conquista da "dobradinha". Saiu, no final dessa época, para o Villarreal CF, mas foi despedido do "submarino amarelo" em Janeiro.

Topo