O "site" oficial do futebol europeu

Újpest ergue nona Taça da Hungria

Publicado: Domingo, 25 de Maio de 2014, 23.44CET
Róbert Litauszki destacou a "experiência inesquecível" após ajudar o Újpest a bater o Diósgyőri por 4-3, nos penalties, após a final da Taça da Hungria ter terminado 1-1.
Újpest ergue nona Taça da Hungria
O Újpest comemora a conquista da Taça da Hungria ©AFP
Publicado: Domingo, 25 de Maio de 2014, 23.44CET

Újpest ergue nona Taça da Hungria

Róbert Litauszki destacou a "experiência inesquecível" após ajudar o Újpest a bater o Diósgyőri por 4-3, nos penalties, após a final da Taça da Hungria ter terminado 1-1.

O Újpest FC venceu pela nona vez a Taça da Hungria, ao bater o Diósgyőri VTK por 4-3, no desempate por penalties, depois de o encontro no Estádio Ferenc Puskás, em Budapeste, ter terminado empatado a um.

A equipa de Nebojša Vignjević ganhou vantagem aos seis minutos, quando András Gosztonyi, do Diósgyőri, desviou um livre de Balázs Balogh para a própria baliza e traiu o guarda-redes Ivan Radoš. O golo parecia ser suficiente para o Újpest conquistar o troféu no tempo regulamentar, mas Patrik Bacsa aproveitou um cruzamento de Dávid Barczi para fazer o empate, aos 91 minutos, e forçar o prolongamento.

As esperanças de Diósgyőri diminuíram quando o defesa Tamás Kádár foi expulso aos 95 minutos, ao ver o segundo cartão amarelo por mão na bola. O Újpest não encontrou forma de ultrapassar a bem organizada defesa da equipa de Miskolc e foi necessário recorrer às grandes penalidades. O Újpest não desperdiçou nenhuma tentativa, enquanto William Alves acertou na trave e Senad Husić rematou por cima, permitindo ao Újpest conquistar a primeira Taça da Hungria desde 2002.

"É uma experiência inesquecível ganhar a Taça da Hungria perante os nossos maravilhosos adeptos", afirmou o defesa do Újpest, Róbert Litauszki. "Os nossos adeptos merecem esta vitória, pois o Újpest não conquistava um título há 12 anos. O nosso treinador vinha dizendo há seis meses que íamos ganhar a Taça, e foi o que fizemos".

"Quando o Diósgyőri empatou ao cair do pano, pensei na final de ontem da UEFA Champions League. Corríamos a risco de nos acontecer o mesmo que ao Atlético. A expulsão condicionou os últimos minutos de jogo. Estou no Újpest há dez anos e este é, de longe, o triunfo mais importante".

"É uma sensação maravilhosa agarrar esta oportunidade, foi isso que fizemos. Ganhámos a Taça e demos uma grande alegria a pessoas que há muito tempo esperavam por isto", acrescentou o treinador Vignjević. "Os jogadores foram fantásticos e merecem totalmente este triunfo. Quero felicitar o nosso adversário, sobretudo pelo golo que marcou no final do tempo regulamentar. Também jogaram bem mas, infelizmente, uma das equipas tinha de perder este jogo. Esta final foi uma boa propaganda para o futebol húngaro".

Última actualização: 26-05-14 21.10CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=hun/news/newsid=2111203.html#ujpest+ergue+nona+taca+hungria