O "site" oficial do futebol europeu

Víkingur ergue SuperTaça

Publicado: Domingo, 22 de Fevereiro de 2015, 19.36CET
Vencedor da taça, o Víkingur ergueu a SuperTaça das Ihas Faroé ao levar a melhor sobre o campeão Tórshavn por 5-3 no desempate por grandes penalidades, após empate 3-3.
por Hans Pauli Joensen
de Torshavn
Víkingur ergue SuperTaça
Víkingur manteve a Super Taça das Ilhas Faroé ©Bongarts
Publicado: Domingo, 22 de Fevereiro de 2015, 19.36CET

Víkingur ergue SuperTaça

Vencedor da taça, o Víkingur ergueu a SuperTaça das Ihas Faroé ao levar a melhor sobre o campeão Tórshavn por 5-3 no desempate por grandes penalidades, após empate 3-3.

Vencedor da taça na época passada, o Víkingur festeja agora a conquista na SuperTaça das Ilhas Faroé na sequência da vitória sobre o campeão B36 Tórshavn, por 5-3, no desempate por grandes penalidades, depois de empate 3-3 no final do tempo regulamentar.

O Víkingur tomou a liderança do marcador logo aos dois minutos quando um cruzamento de Sámal Joensen passou por toda a gente e acabou dentro da baliza, mas não esteve na frente por muito tempo. O B36 chegou à igualdade dois minutos depois, com a bola a entrar depois de bater no guarda-redes Géza Turi, após o cabeceamento de Odmar Færø ter sido devolvido pelo poste.

O B36 tomou conta do jogo no quarto-de-hora seguinte e, a meio do primeiro tempo, Lukasz Cieslewicz isolou-se e assistiu Róaldur Jakobsen para golo, e este não perdoou. O Víkingur respondeu e, no final da primeira parte, Philip Djordjevic colocou a bola em Joensen, que disparou forte e colocado, ao ângulo superior.

Os campeões ficaram reduzidos a dez jogadores pouco depois do intervalo, quando o defesa-central Hørdur Askham viu o cartão vermelho, mas cinco minutos depois voltaram a adiantar-se no marcador. Gestur Bogason Dam cruzou para Høgni Eysturoy fazer o 3-2 com facilidade. No entanto, o Víkingur empatou um minuto depois, quando Finnur Justinussen rematou colocado, ao canto inferior, levando a decisão para as grandes penalidades.

O Víkingur converteu os cinco disparos dos 11 metros e garantiu o troféu que inaugurou a temporada; Árni Nielsen falhou penalty decisivo.

Última actualização: 23-02-15 11.05CET

http://pt.uefa.com/memberassociations/association=fro/news/newsid=2213167.html#vikingur+ergue+supertaca